Nissan vai continuar a levar mais emoção à Fórmula E até 2026

0

A Nissan anunciou ontem o compromisso de longo prazo com o Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA até o final de temporada doze (2025/2026) da série de provas totalmente elétricas. A Nissan foi o primeiro fabricante japonês a competir na Fórmula E, tendo iniciado a sua presença na quinta temporada.

A era Gen3 do campeonato começa na nona temporada – 2022/23 – e contará com automóveis ainda mais potentes e rápidos.

A Nissan corre neste campeonato mundial para levar a emoção e a diversão dos automóveis elétricos de emissões zero a um público global. Como parte de sua meta de alcançar a neutralidade em carbono nas suas operações e no ciclo de vida dos seus produtos até 2050, a Nissan estabeleceu como objetivo eletrificar todas as suas novas gamas de automóveis até ao início dos anos 2030. Para isso a Nissan pretende aproveitar toda a sua experiência na pista e transferir esse conhecimento e tecnologia para a estrada, melhorando os automóveis elétricos dos clientes da marca.

«A visão da Nissan para os automóveis vai muito além de serem simples meios de transporte», disse Ashwani Gupta, diretor de operações da Nissan. «O nosso objetivo é projetar e construir automóveis elétricos que transformam a forma como as comunidades se conectam e se movem, inspirando-nos a todos a trabalhar para uma sociedade sustentável. Para a Nissan, a Fórmula E ajuda a trazer para primeiro plano o entusiasmo, a energia e o ambiente, permitindo-nos entregar esta visão de futuro a um público cada vez mais vasto, jovem e diversificado».

Nas duas primeiras temporadas na Fórmula E, a Nissan concentrou os objetivos técnicos na “Fase Um – da estrada para a pista”, aproveitando a experiência e aprendizagem com o LEAF, o EV de estrada mais reconhecido, para desenvolver o desempenho do automóvel de competição da Nissan e.dams.

Na sua temporada de estreia, a Nissan e.dams foi a melhor equipa nas qualificações do campeonato, enquanto na segunda temporada, a Nissan e.dams conquistou o segundo lugar no campeonato por equipas.

Para a atual sétima temporada 2020/2021 e já a olhar para a Gen3 a partir da nona temporada, a Nissan e.dams inicia a “Fase Dois – da pista para a estrada” dos seus objetivos de transferência de tecnologia, onde um campeonato tecnicamente evoluído ajudará a Nissan a demonstrar argumentos que visam encorajar a adoção de seus VEs pelo consumidor.

«Alcançámos ótimos resultados durante as nossas duas primeiras temporadas e renovar o nosso compromisso de longo prazo com a Fórmula E é um passo fundamenta», disse Tommaso Volpe, Diretor global de Competição da Nissan. «Entrámos nestas provas com uma abordagem de transferência técnica da “estrada para pista” e ao estender o nosso programa de competição para a era da Gen3, teremos a oportunidade de fechar o círculo com transferência técnica “da pista para a estrada”. Nós acreditamos que, como um dos fabricantes mais globais envolvidos no Campeonato Mundial de Fórmula E ABB FIA, que esta é a plataforma perfeita para desenvolver a nossa experiência em eletrificação e demonstrar o nosso compromisso com soluções de mobilidade mais sustentáveis».

As primeiras provas da temporada de 2021 aconteceram em Diriyah, na Arábia Saudita, com um evento duplo no final de fevereiro, onde a Fórmula E correu pela primeira vez como Campeonato Mundial da FIA. Foi também a primeira prova noturna da Fórmula E, com os automóveis a competir sob a luz dos holofotes. Nesta jornada, a Nissan e.dams conquistou 14 pontos no campeonato por equipas.

Olivier e Gregory Driot, chefes de equipa da Nissan e.dams, comentaram: «O compromisso da Nissan com a era Gen3 do Campeonato Mundial de Fórmula E ABB FIA mostra a força desta competição totalmente elétrica e a sua busca pelo sucesso na próxima fase. Os novos automóveis da Gen3 serão mais rápidos e mais potentes, e esta evolução constante do desempenho a que continuamos a assistir na Fórmula E é ótimo para os fãs e o desporto».

A terceira ronda do Campeonato Mundial de Fórmula E ABB FIA acontecerá a 10 de abril, em Roma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.