Novo Suzuki Jimny Pro já está à venda em Portugal

0
  • A Suzuki lança em Portugal o Jimny Pro, a versão comercial do icónico todo terreno da marca com homologação N1, ligeiro de mercadorias. O novo Suzuki Jimny Pro vai-se converter numa ferramenta de trabalho ideal para muitos profissionais uma maior robustez e capacidade todo terreno.

O novo Suzuki Jimny Pro adiciona, a todas as qualidades sobejamente reconhecidas do Jimny, uma prática área de carga sem assentos traseiros que foi redesenhada para facilitar a sua utilização como profissional. Com um solo plano e grelha separadora de carga, oferece um volume máximo de 863 litros, mais 33 do que a versão de passageiros com os bancos traseiros rebatidos. O interior é funcional e prático, em tons escuros e os controles foram desenhados para serem utilizados com facilidade, inclusive com luvas postas.

O novo Jimny Pro é comercializado por 28.374€ sem despesas e pintura metalizada. A única opção disponível é a pintura metalizada na cor verde jungle que tem um valor de 350€ com impostos.

O Suzuki Jimny Pro está homologado como veiculo ligeiro de mercadorias o que faz com que tenha algumas diferenças face a um ligeiro de passageiros, entre elas os limites de velocidade em autoestrada que são de 110km/h e os intervalos de inspeção que tem uma frequência mais curta. Não é possível também a sua utilização como táxi ou veículo de escolas de condução, assim como a transformação em veículo de categoria M1, ligeiro de passageiros.

Robustez e capacidade “made in Jimny”

O novo Suzuki Jimny Pro dispõe do mesmo motor, transmissão e chassis que a versão de passageiros e vai converter-se na ferramenta ideal para muitos profissionais que procuram um veículo robusto e com maior capacidade todo terreno. O Jimny Pro equipa o eficaz sistema de tração 4×4 ALGRIPP PRO com redutoras. O seu robusto chassis escalonado, as suspensões de três apoios com eixos rígidos e umas excelentes quotas todo terreno são outros elementos que lhe permitem oferecer o comportamento autêntico off-road que procuram os profissionais.

O chassi em escada fornece uma base sólida para os componentes da suspensão durante a condução off-road e também ajuda a proteger a parte inferior da carroçaria, mesmo em superfícies irregulares. Um amplo ângulo de ataque de 37 graus, um ângulo ventral de 28 graus e um ângulo de saída de 49 graus permitem que o Jimny passe por cima de obstáculos e suba rampas sem danificar a parte inferior do veículo ou os guarda-lamas. E as suspensões de eixo rígidas prosperam em condução todo terreno.

O motor gasolina de 1.5 litros oferece 102 CV (75 kW) e 130 Nm, suficientes para mover com agilidade um conjunto com um peso em ordem de marcha de 1.090 kilos. O novo Suzuki Jimny Pro apresenta um consumo combinado homologado de 7,7 litros/100km e emissões de CO2 de 173 g/100km (WLTP). A sua velocidade máxima é de 145 km/h.

Este modelo possui as mesmas medidas de segurança que a versão de passageiros, incluindo a travagem de emergência autónoma (DSBS) que emprega uma travagem automática que ajuda a evitar colisões, e o controle de descida e de retenção, que facilitam a condução em pendentes. Para além disso adiciona o eCall, a função de chamada de emergência em caso de acidente.

Mais de cinco décadas de Suzuki Jimny

A Suzuki lançou em 1970 um automóvel que mudou para sempre a história da marca. O LJ10 (Light Jeep 10) foi o primeiro veículo todo terreno da Suzuki e também o primeiro com tração às quatro rodas, duas marcas de identidade da marca. 50 anos depois todos os automóveis que a Suzuki comercializa em Portugal oferecem tração total ALLGRIP.

A Suzuki começou a desenvolver seu primeiro modelo seguindo as diretrizes dos veículos militares, mas com um design mais ‘friendly’, facilidade de condução, um tamanho compacto e leve. O LJ10 Jimny apresentava uma carroçaria estreita, com teto e portas removíveis. No seu interior disponibilizava três lugares mais um espaço para o pneu suplente que não podia sobressair da carroçaria para manter o comprimento total abaixo de 3 metros e ser homologado como ‘Kei Car’.

O primeiro Jimny converteu-se no primeiro todo terreno com um tamanho reduzido, rompendo com a tradição de um segmento habituado a veículos de elevada dimensão e cilindrada. Este modelo também inovou pela sua simplicidade, acessibilidade e facilidade de utilização: na época, os todo terreno eram veículos mais rudes, desconfortáveis e difíceis de utilizar no dia a dia.

O LJ10 possuía eixos rígidos e uma caixa de transferências com redutora, elementos que hoje em dia ainda se mantêm no Jimny e que reafirmam a sua reconhecida capacidade todo terreno. Esta combinação de leveza, quotas e tecnologia 4×4 é a formula vencedora de todas as gerações do Jimny quando se trata de subir encostas ingremes, atravessar lama ou aventurar-se por caminhos mais difíceis.

Em 1975 o Jimny (LJ50) comercializou-se fora do Japão pela primeira vez, chegando em força à Europa em 1978 com o (LJ80). Em 1981, introduz-se a segunda geração e a série LJ passou o testemunho aos SJ. A sua grande receção a nível mundial permitiu a sua produção em 8 fábricas diferentes, entre as quais se encontrava a de Linares (Jaén), onde se fabricaram mais de 200.000 unidades. Esta foi a geração com mais versões de carroçaria: com distância entre eixos curta, distância entre eixos longa, pick-up, teto de lona, ​​fibra e metálico.

Em 1998 apresentou-se a terceira geração que pela primeira vez se denominou Jimny em todos os mercados. Este modelo conseguiu aliar as suas elevadas competências no terreno, a um conforto e requinte até então desconhecidos. O estar bastante à frente do seu tempo, foi o que lhe permitiu ter uma longevidade comercial de duas décadas.

Em julho de 2018 revelou-se a atual geração, um ícone de design vencedor do “World Urban Car” e situando-se entre os três primeiros lugares no “World Car Design of the Year” e “2019 World Car Awards”. O novo Suzuki Jimny foi um sucesso mundial e tornou-se num automóvel icónico e de culto desde o seu lançamento. Em 2021, a versão comercial Pro deste modelo é lançada em Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.