Ott Tänak com vitória dominante no Rali do Ártico

0
  • Os pneus Sottozero Ice J1 da Pirelli enfrentaram uma grande variedade de desafios no novo Arctic Rally Finland.
  • Verificou-se uma retenção perfeita dos pregos na presença de neve e gelo.
  • Ott Tänak, da Hyundai, liderou do início ao fim.
  • Oliver Solberg registou uma excelente estreia no WRC.

O piloto da Hyundai Ott Tänak liderou o Rali do Ártico do início ao fim, prova que este ano substituiu o Rali da Suécia. Kalle Rovanperä, da Toyota, com apenas 20 anos, terminou no segundo lugar da geral, o seu melhor resultado de sempre, e assumiu a liderança do campeonato. O adolescente Oliver Solberg, piloto da Hyundai, fez uma excelente estreia no World Rally Car (com um novo copiloto) e conseguiu um fantástico em sétimo posto.

O PNEU VENCEDOR

Em contraste com Monte-Carlo, os pilotos puderam contar apenas com um tipo de pneu: o Sottozero Ice J1A, com 384 pregos com ponta de tungstênio, colocados no pneu graças a um processo de vulcanização patenteado. No total, os pregos contam com 20 milímetros de comprimento, com sete milímetros de protuberância, de acordo com os regulamentos da FIA. Estes pneus são projetados para o gelo e neve típicos das etapas do Rali do Ártico, com uma grande capacidade de “morder” as superfícies cobertas de neve e de se “agarrar” ao gelo da camada inferior.

A ETAPA-CHAVE

Com todas as etapas com cerca de 20 quilómetros ou mais, algo incomum para um rali do campeonato mundial, todas acabaram por ter um papel importante no resultado final. Contudo, a Power Stage de 22 quilómetros de conclusão do Rali foi particularmente crucial, pois foi a única repetição de outra etapa realizada no domingo, tornando-a especialmente desafiadora, além dos cinco pontos extra para o campeonato.

TERENZIO TESTONI, RESPONSÁVEL PELAS ATIVIDADES DE RALI DA PIRELLI

“Houve uma grande variação de temperatura do teste prévio do evento até ao início do Rali: de quase 20 graus negativos, há cerca de uma semana, as condições aqueceram consideravelmente para apenas uns graus abaixo de zero. Isto significa que assistimos a uma grande variação: de gelo densamente compactado para neve misturada com cascalho. Em condições de neve e gelo puras, os nossos pneus Sottozero registaram um desempenho perfeito sem perda de pregos, uma vez que essas são exatamente as condições para as quais foram projetados. Na presença de cascalho, foi mais difícil manter todos os pregos nos pneus e os pilotos tiveram de adaptar a condução a essa situação. Os pilotos que colocaram menos pressão nos pneus, nessas condições, foram os grandes beneficiados. Parabéns a Ott e também a Oliver: tendo participado numa prova do World Rally Car pela primeira vez connosco, no Bologna Motor Show, há três anos, é fantástico ver o Oliver a sair-se tão bem na sua estreia no campeonato mundial, na classe principal, com os nossos pneus.”

O MAIOR DESAFIO

Com o teste prévio e o reconhecimento a decorrer em condições muito mais frias, foi difícil para os pilotos relacionar o que experimentaram nessas ocasiões com as condições reais de competição. Qualquer erro demonstrou ter grandes consequências, já que, tal como aconteceu em Monte Carlo, não houve espectadores para ajudar a tirar os pilotos dos bancos de neve.

OS VENCEDORES DA CLASSE

O ex-piloto de fábrica, Esapekka Lappi, ao volante de um Volkswagen Polo, regressou com uma prestação dominante para reclamar a vitória no WRC2 e a 10ª posição na geral. O piloto apenas não venceu duas etapas e terminou a uma distância de 45 segundos do Andreas Mikkelsen, piloto da Skoda, que terminou em segundo. O campeão finlandês, Teemu Asunmaa, ao volante de um Skoda, foi o vencedor no WRC3.

OTT TÄNAK, O GRANDE VENCEDOR

“As condições demonstraram ser muito desafiantes para os pneus. O que ajudou a fazer a diferença quando havia muito cascalho foi travar um pouco mais cedo. Sabíamos que seria uma luta complicada e conquistamos o máximo de pontos da forma mais segura possível.”

PRÓXIMO EVENTO

Rali da Croácia Abril (asfalto) Abril 22-25

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.