KTM apresentou formação para 2021

0

Foi hoje oficialmente apresentada a formação oficial da KTM com vista ao mundial MotoGP 2021, equipa onde estará Miguel Oliveira aos comandos da mais recente evolução da KTM RC16.

Após dois anos na estrutura da Tech3 o piloto de Almada entra na equipa de fábrica do construtor como o piloto que mais vitórias ofereceu à marca na classe maior do campeonato e encara com bastante confiança aquele que será o seu 11º ano no campeonato do mundo MotoGP.

‘Certamente que para seres campeão do mundo precisas de ter muitos detalhes todos alinhados em simultâneo e para isso, dependendo de como estiver a decorrer a temporada e o que estiver a acontecer, poderemos encontrar o rumo do sucesso.’

Com duas dezenas de corridas em agenda no calendário o atleta da MEO não esconde que gerir todo o longo ano desportivo será essencial.

‘Por vezes um quarto lugar será um resultado muito bom e noutras ocasiões um segundo lugar poderá não ser o suficiente, mas temos que trabalhar nesse processo e neste momento, como ponto de partida, estou a pensar seriamente numa série de resultados que podemos considerar como positivos.

Obviamente que ser melhor que em 2020 já será um bom início. É de alguma forma confortante saber que a moto é capaz de ganhar mas ao mesmo tempo não podemos dar tudo como seguro e quando chega o momento de repetir sucesso é muito mais difícil, o trabalho não está terminado.’

Sem competir desde o dia 22 de Novembro, quando ofereceu a Portugal uma histórica vitória no Autódromo Internacional do Algarve, Oliveira não descurou a sua preparação física, procurando novos limites e patamares de preparação para arrancar da melhor forma este ano de 2021.

‘Penso que todos os anos precisas de trazer algo ‘acima’ no teu lado para manter um nível muito bom neste campeonato. Sinto que sou capaz de trabalhar mais nos detalhes estando numa equipa de fábrica e pelo menos ser mais consistente. Creio que serão ferramentas que a equipa de fábrica me vai proporcionar. Tenho convicção absoluta sobre o meu trabalho.’

A apresentação totalmente ‘online’ marcou o arranque do quinto ano da KTM no mundial MotoGP, um ano de elevada expectativa para pilotos e marca que se iniciará em definitivo no dia 5 de Março quando se acender o semáforo verde no final do ‘pit-lane’ em Losail no Qatar para o ‘shakedown’ de uma nova temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.