Duna atrasa Ricardo Porém no Dakar

0

Declarações de Ricardo Porém, após Etapa 4.

“Foi um dia longo e cansativo. Não há muito a dizer…Vínhamos a fazer uma etapa excelente, tínhamos ultrapassado todos os camiões e vínhamos com um bom ritmo até que ficamos presos numa duna. Foram mais de 20 minutos de trabalho na areia, com placas, macaco…. até conseguir retirar o Borgward, para seguir e ainda recuperar algumas posições. Estes 20 minutos perdidos fazem toda a diferença no resultado final de uma etapa como a de hoje”, começou por dizer o piloto que admite que “está a faltar uma pontinha de sorte, mas esta é prova de resistência muito longa, em que não podemos baixar os braços!”

Amanhã a caravana do Dakar parte cedo da capital da Arábia Saudita, Riyahd, a Buraydah, num total de 419km cronometrados, onde Ricardo Porém e Jorge Monteiro terão pela frente uma das mais duras etapas deste ano. Uma etapa cheia de desafios, com muita pedra e não tão rápida como as anteriores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.