EKO/Birel ART Portugal garante título na categoria Juvenil

0

Numa temporada particularmente difícil devido à situação pandémica a nível mundial, a Escola de Karting do Oeste (EKO), em colaboração a Birel ART Portugal, conseguiu, ainda assim, conquistar o título de campeã nacional na categoria Juvenil, uma das mais concorridas do Campeonato de Portugal de Karting em 2020.

Os pilotos da categoria Juvenil da Escola de Karting do Oeste voltaram a estar em evidência na quinta e última prova do Campeonato de Portugal de Karting, disputada este fim de semana, no Kartódromo de Viana do Castelo. A formação liderada por Nuno Inácio colocou os seus cinco pilotos juvenis no top-10 da jornada minhota, com os mais experientes a lutarem pela vitória e os mais novos a mostrarem uma clara evolução, mesmo em condições atmosféricas muito adversas, com bastante frio e chuva.

“Não foi uma prova fácil para todos, pois as condições da pista estavam constantemente a mudar, ora secava ora ficava molhada, por vezes com pouca água e em algumas ocasiões com muita, o que fez com que a nossa equipa de mecânicos estivesse sempre à procura das melhores soluções de afinação a vários níveis nos karts”, sublinhou Nuno Inácio, para depois fazer um balanço da época.

“Todos os nossos pilotos evoluíram, fruto do empenho deles, mas também do trabalho dos nossos mecânicos, pelo que o balanço nesse aspeto, que para nós é primordial, é claramente positivo. Mas, como qualquer equipa, também queremos ganhar e o facto de sermos campeões nacionais na categoria Juvenil deixa-nos ainda mais satisfeitos. O título é, para já, virtual, mas em breve será oficial, com o inevitável anúncio da desclassificação por irregularidade técnica do piloto que foi o primeiro a ver a bandeira xadrez no Kartódromo Internacional de Braga, a contar para a quarta e penúltima prova. E, para além do título nacional, quando a classificação da quarta prova deixar de estar suspensa, teremos outros pilotos no pódio final do campeonato”.

Pedro Cachada – o virtual campeão nacional da categoria Juvenil – foi o mais rápido nos treinos cronometrados, venceu a primeira manga de qualificação e a Pré-Final, sendo depois 3.º classificado na Final, corrida em que o seu colega Santiago Alves terminou num positivo 4.º lugar, depois de ter tido um início de prova atribulado.

O ‘rookie’ Gustavo da Silva, rodou na 3.ª posição na Pré-Final, mas na Final, acabou por ser sétimo classificado, enquanto Diogo Caetano – que teve problemas nas mangas – foi o nono posicionado e o também ‘rookie’ Romeu Mello – campeão nacional Iniciação em 2019 – fechou o top-10.

Na X30 Sénior, Santiago Ribeiro – também ‘rookie’ na categoria –, apesar de não ter treinado e ter comparecido na prova apenas no sábado, porque teve de fazer quarentena, ainda garantiu um positivo 5.º lugar na Pré-Final e, na Final, cruzou a meta no 8.ª posto, resultado que lhe dará uma classificação positiva entre os 23 classificados no campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.