Martim Marques com top-10 ao seu alcance nos Iame International Games

0
  • Competição foi disputada no circuito de Portimão por 145 pilotos

Com um 13.º lugar entre 31 participantes na Pré-Final, Martim Marques poderia ter terminado a primeira edição dos Iame International Games, dentro do top-10 na categoria X30 Mini. Contudo, o jovem piloto de Vila Nova de Gaia, um dos mais novos do pelotão, sofreu um toque na Final que o obrigou a sair de pista, ficando com o kart danificado e, mais tarde, sem travões, o que ditou a sua desistência, na competição disputada este fim de semana no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Com apenas 9 anos de idade e a competir perante adversários bem mais experientes (já com 12 anos de idade e com várias provas internacionais), teria sido um grande feito se Martim Marques tivesse garantido um lugar no top-10, fasquia que esteve perfeitamente ao seu alcance, numa competição disputada sob condições atmosféricas muito adversas, onde se impuseram os britânicos, sendo o mais bem-sucedido Leo Robinson, que superou na Final o holandês Sacha Van’t Pad Bosch e o seu compatriota Nathan Tye.

O início dos três dias de competição foi algo ‘atribulado’ para a equipa RAC – Racing Academy & Competition, já que estiveram constantemente à procura da melhor afinação, sobretudo porque o motor do kart de Martim Marques não se mostrava nada colaborante. Todo o esforço viria, contudo, a ser compensado na derradeira manga de qualificação, com Martim Marques a ser 4.º classificado, tendo depois garantido a 13.ª posição na grelha de partida para a Final. Com esta posição, era legítimo o piloto português ambicionar por um lugar no top-10, mas na Final sofreu um toque que o obrigou a sair de pista e a ficar com o seu kart danificado.

Martim Marques regressou ao traçado, mas viria a sair novamente de pista, por ter ficado sem travões na sequência do incidente. “Foi a minha primeira prova internacional e sabia que ia competir frente a adversários bem mais experientes e que já tinham disputado este ano o ‘Europeu’, entre outras competições. Mas, juntamente com a minha equipa, sobretudo com o apoio do Carlos Vieira e do Mariano Pires, estivemos focados em dar o nosso melhor. Depois de ter sido 4.º classificado na última manga, garanti o 13.º lugar na Pré-Final. Foi pena o incidente na Final que fez com que eu ficasse sem travões, mas estou muito satisfeito com a minha prestação”, referiu o piloto da RAC – Racing Academy & Competition que, no próximo fim de semana, vai disputar a quinta e última prova do Campeonato de Portugal de Karting, em Viana do Castelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.