Can-Am Off-Road Portugal com duplo pódio na Baja Portalegre 500

0
  • Luís Cidade 3º nos SSV da Taça FIM de Bajas e Bruno Santos em 3º das motas

A equipa Can-Am Off-Road Portugal esteve em destaque em mais uma jornada internacional de Todo-o-Terreno alcançando um duplo pódio absoluto na 34ª edição da mítica Baja Portalegre 500, que se realizou no passado fim-de-semana e para a qual inscreveu dois pilotos na competição moto e cinco para a corrida destinada aos SSV.

Derradeira etapa da Taça do Mundo FIM de Bajas e também do Campeonato Nacional em virtude da anulação da Baja TT de Idanha-a-Nova devido à pandemia do Covid 19, a Baja Portalegre 500 foi disputada debaixo condições climatéricas muito adversas o que condicionou o normal funcionamento da corrida que viu a sua terceira especial ser encurtada para 79km uma vez que o piso estava extremamente danificado devido à intensidade da chuva que caiu na região de Portalegre.

Na competição dos SSV o jovem Luís Cidade, navegado por Pedro Mendonça, conquistou o terceiro lugar na Taça do Mundo FIM de Bajas depois de ter sido quarto classificado absoluto na prova alentejana a apenas 47s do derradeiro lugar de pódio. Ainda entre os SSV Nuno Sousa acompanhado de Miguel Rebelo completou a corrida em 3º lugar da Classe Stock. Tal como Luís Cidade e Nuno Sousa aos comandos de um Can-Am Maverick, Carlos Alves terminou a corrida na 59º posição.

Num excelente 11º lugar após SS2, Herlander Araújo navegado por Marco Nunes não logrou terminar a prova o mesmo acontecendo com a dupla Pedro Barros/Gonçalo Magalhães. Já na competição moto o campeão de rally raid Bruno Santos esteve em excelente plano conquistando a terceira posição absoluta da corrida e do CNTT enquanto o jovem Vasco Dia fechou o Top 10 da competição Júnior.

Para Isabel Cidade, responsável da equipa, esta Baja Portalegre 500 apesar de complexa foi bastante positiva para a equipa Can-Am Off Road Portugal na Baja Portalegre: ” fica um “amargo de boca” para todos os pilotos pois a prova para além de não somar qualquer pontuação para Campeonato Nacional de TT e com o cancelamento da última prova “Baja TT Idanha” fica em aberto se serão atribuídos títulos no Campeonato 2020” referiu a gestora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.