Benimoto Racing conquista título mundial

0
  • Equipa coloca dois pilotos no pódio da Baja Portalegre

….e vence CNTT

A Benimoto Racing foi a grande vencedora da 34ª edição da Baja Portalegre 500. Conquistou o título mundial de bajas e colocou dois dos seus pilotos nos lugares mais altos do pódio da mais importante competição de todo-o-terreno da Europa.

O título mundial foi conquistado por João Dias que aliou o triunfo na prova à conquista do Campeonato Nacional. O piloto conquistou ainda o Road to Dakar configurado na oferta da inscrição para a edição de 2022 da mais importante competição mundial da modalidade.

Destaque também nesta jornada organizada pelo Automóvel Clube de Portugal para o jovem Alexandre Pinto que secundou João Dias tanto na prova deste ano como no título mundial. O seu navegador Fábio Belo conquistou por seu lado o título mundial para a sua função.

Para João Dias “Finalmente encontrei o ritmo certo. Depois de alguns anos a tentar as coisas começaram finalmente a correr bem. Tenho a agradecer à equipa, prepararam um carro excelente. Tentei ao máximo atacar no último setor. Ainda não digeri bem o título de campeão nacional nem o de vencedor da Taça do Mundo. Ainda não caí bem em mim. O que mais quero agora é festejar com a equipa e para o ano conseguir reunir os apoios para disputar novamente o campeonato. Consegui também vencer o Road to Dakar, pelo que conquistei o wild card para disputar o Dakar 2022. Vou ter um ano inteiro para me preparar, para tentar reunir os apoios e para fazer o melhor possível”.

Para Alexandre Pinto vencedor em Portalegre das Classes Júnior e Promoção “este foi um bom Campeonato para mim. Não consegui disputar a jornada de abertura, que se realizou em Góis e foi mais difícil para mim nessas condições apanhar o barco, mas mesmo assim conseguimos só com três provas estar ao nível de outros pilotos que estiveram presentes nas quatro. Na sexta-feira havia de facto muita lama motivada pela forte chuva que caiu, mas as corridas são assim, apanhamos de tudo e temos de nos adaptar. No SS3 tive uma saída de estrada por erro meu, mas conseguimos imprimir depois um bom ritmo novamente e cá estamos. Ficámos a apenas 19s da vitória”.

Destaque também para a participação de Ricardo Domingues, vencedor entre os veteranos, líder após a etapa inaugural e que terminou a prova alentejana em quinto lugar. Daniel Mahseredjan, em 10º e Sérgio Baptista na posição seguinte asseguraram para a Benimoto Racing cinco pilotos no topo da classificação geral absoluta.

Tiago Cunha, de regresso às competições num excelente 22º lugar e o par Filipe Cameirinha Ramos/Nuno Cavaco na 26ª posição, completaram a presença no Top 30.

As duplas Ricardo Oliveira/Inês Oliveira, Miguel Barbas/Nuno Neves e Marco Marques/Nelson Santos conseguiram com sucesso superar todas, e foram muitas, as dificuldades da prova que impediram Nelson Caxias e Helder Novo/Eduardo Nogueira de partir para a 2ª etapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.