Bernardo Sá Nogueira conquista pódio

0

Bernardo Sá Nogueira esteve em bom plano na Rampa Pêquêpê Arrábida, ronda do Campeonato de Portugal de Montanha, tendo subido ao pódio na sua primeira prova com a uma nova montada, o que deixa boas indicações para o futuro.

O piloto de Santarém chegava à prova organizada pelo Clube de Motorismo de Setúbal com um Alfa Romeo 156 TS inscrito na categoria Legends que marcava o seu regresso à competição de montanha.

Logo no primeiro dia Bernardo Sá Nogueira registou um bom andamento frente a uma oposição forte, o que evidenciava o seu à-vontade no selectivo traçado da rampa da Serra da Arrábida.

Apesar de não ter os pneus mais indicado para chuva, o escalabitano, no domingo, com a pista molhada, contrariou as dificuldades, registando tempos competitivos.

No final, Bernardo Sá Nogueira garantia a subida ao pódio, ao afirmar-se como o terceiro mais rápido na categoria Legends. “O Alfa Romeo 156 TS é muito divertido de pilotar, muito equilibrado e com uma performance em curva notável, graças ao seu fantástico chassis. Mas temos ainda margem de progressão e vamos continuar a evoluí-lo. Esperava mais dificuldades, mas correu tudo muito bem, sem problemas dignos de nota. Os nossos adversários eram muito fortes, mas conseguimos um bom resultado, o que acaba por ser uma boa recompensa para um trabalho bem realizado tanto na preparação do automóvel como na execução de todo o fim-de-semana, contando para isso com apoio da Veiga Motorsport”, sublinhou o piloto de Santarém.

Para Bernardo Sá Nogueira este foi um bom ponto de partida para o futuro, desejando continuar a trabalhar para que o projecto tenha continuidade a médio-longo prazo. “Esta foi uma prova muito importante, dado que nos mostrou que podemos conquistar resultados de relevo e que temos no Alfa Romeo uma arma com potencial. Vamos trabalhar para voltar a competir o quanto antes, sendo o objectivo regressar ao Campeonato de Portugal de Montanha ou ingressar no Campeonato de Portugal de Velocidade de Legends. Para o bom resultado deste fim-de-semana foi absolutamente determinante a confiança da Magos e de todos que me apoiaram decisivamente. Quero também dar uma palavra à organização pelo seu fantástico trabalho na edificação do evento e no apoio que deu aos concorrentes, algo que deve ser sublinhado. Agora é preciso olhar a para o futuro e continuar a trabalhar”, concluiu o escalabitano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.