João Ramos pronto para atacar a Baja de Portalegre

0
  • A equipa Toyota Caetano Motorsport começa hoje a última etapa do campeonato
  • Anulação da Baja de Idanha antecipa final de época atípica
  • Filipe Palmeiro ocupa o lugar de Victor Jesus no banco do navegador da Toyota Hilux

Começa hoje a Baja de Portalegre 500, a mais mítica prova de todo-o-terreno nacional, e a Toyota Hilux da Toyota Caetano Motorsport está presente, com João Ramos a ser desta vez acompanhado por Filipe Palmeiro na função de navegador devido à ausência forçada de Victor Jesus.

Com o cancelamento da prova prevista para Idanha e que deveria encerrar o calendário de 2020, o Campeonato fica agora reduzido a cinco provas .

João Ramos chegou a Portalegre confiante na capacidade da equipa de lutar pela vitória à geral nesta prova, afirmando que “sabemos o que vamos encontrar pela frente com as dificuldades inerentes e com as condições climatéricas que vão criar dificuldades adicionais, e sabemos que temos o que é preciso para vencer e afirmar-nos como candidatos efetivos ao título nacional. Já o fizemos antes, e temos equipa para o repetir. Nomeamos esta Baja para pontuar e queremos levar o máximo de pontos desta prova.

Com o anúncio do cancelamento de Idanha, e as potenciais implicações ao sistema de pontuação, isso não nos deixa para já satisfeitos pois creio que já poderia ter sido cabalmente esclarecido o que iria vigorar em termos de cálculo ou alternativas viáveis, o que ainda não aconteceu antes da partida. O meu foco está na prova. depois pensaremos em regras e pontos. O meu objetivo é claro, vencer na Baja de Portalegre à geral.

Uma palavra de enorme reconhecimento ao meu navegador, O Victor Jesus que por motivos de força maior não pode estar nesta Baja ao meu lado, mas ele sabe que vai connosco no carro, e um agradecimento ao Filipe Palmeiro desde já, por ter acedido ao desafio de me acompanhar nesta Baja”

A Dama Negra” terá de cumprir mais de 600 quilómetros de percurso, 440 dos quais cronometrados, com esta sexta-feira a propor a passagem por um curto prólogo e mais tarde, o primeiro sector selectivo. No Sábado, os dois sectores cronometrados mais longos que vão decidir os vencedores da prova com base em Portalegre, e que atravessa igualmente os Concelhos de Alter do Chão, Crato, Estremoz, Fronteira, Gavião, Monforte, Niza, Ponte de Sôr, e Sousel, num evento que decorre sem a presença de público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.