Miguel Oliveira sem hipóteses de brilhar em Aragón

0

Sem conseguir solucionar os problemas de tracção que afectaram a sua KTM RC16 desde a primeira saída para pista na sexta-feira Miguel Oliveira fechou hoje o décimo GP da época na 16ª posição.

Com 24 voltas aos pouco mais de 5000 quilómetros do circuito os primeiros momentos da corrida viram o piloto de Almada conseguir ser competitivo o suficiente para subir além do 18º posto que ocupou na grelha de partida, mas o desgaste prematuro do pneu traseiro levou a que surgissem de novo as dificuldades com a tracção da moto austríaca e foi graças ao esforço e resiliência de Miguel Oliveira que a KTM cruzou a linha de meta.

‘Foi uma corrida dura mas pelo menos senti-me competitivo na primeira metade da corrida. Mais tarde foi mais dificil para mim gerir o pneu. Acabei com ele demasiado depressa e comecei a perder tempo. Foi muito complicado para mim chegar apenas ao final da corrida. Naturalmente que penso que o nosso potencial para melhorar é muito grande e por isso vou tentar concentra-se nisso e fazer o nosso melhor no próximo fim‑de‑semana.’

No próximo fim‑de‑semana o mundial de MotoGP realiza uma nova corrida no traçado junto a Alcañiz e Miguel Oliveira – na décima posição do campeonato – quer esquecer e ‘vingar’ o complicado fim‑de‑semana agora vivido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.