Miguel Oliveira foi sexto em corrida à chuva

0

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) considera que o sexto lugar conquistado este domingo no Grande Prémio de França de MotoGP “é um bom resultado”, depois de ter partido da 12.ª posição.

“O sexto lugar é um bom resultado para nós, pois, ao mesmo tempo, foi a minha primeira corrida à chuva em MotoGP”, frisou o piloto de Almada.

Oliveira chegou a passar pelo 17.º lugar antes de recuperar até quarto, momentaneamente. Quando se preparava para voltar a atacar a quarta posição, do italiano Andrea Dovizioso (Ducati), na última curva, foi surpreendido pelo francês Johan Zarco (Ducati), que relegou o piloto da Tech3 para a sexta posição final.

“Foi uma boa corrida, tive de fazer uma boa gestão dos pneus. Nas últimas voltas tentei preparar uma ultrapassagem ao ‘Dovi’. Preparei demasiado e o Zarco, que estava a dois segundos, acabou por aproveitar. Mesmo assim foi uma boa corrida e isso é o mais importante, sermos competitivos”, disse Miguel Oliveira, em declarações difundidas pela sua assessoria de imprensa.

O português lembra que “ainda faltam cinco corridas e há muitos pontos em disputa”, pelo que há, ainda, “muitas oportunidades para terminar à frente”.

Miguel Oliveira ainda considerou que, “pelo menos o quinto lugar era o resultado de hoje”, mas já está “focado” no que poderá fazer “nas próximas corridas”.

Com este sexto lugar, que iguala o terceiro melhor resultado da época, conseguido na República Checa (tem, ainda, um quinto na Riviera de Rimini e uma vitória na Estíria), o piloto português mantém a nona posição, com 69 pontos, a 46 do líder, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), quando ainda estão 125 pontos em disputa.

Fonte: Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.