Nuno Matos com prova complicada na Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal

0

• Equipa evolui FIAT Fullback Proto
• Prova concluída no 9º lugar do CPTT

Nuno Matos, com Joel Lutas a seu lado, disputou este domingo os derradeiros dois Setores Seletivos da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, quarto evento do Campeonato Portugal de Todo-o-Terreno.
Depois das alterações no set up realizadas para esta prova não terem apresentado os resultados desejados ontem, a equipa voltou a mexer no FIAT Fullback Proto ao longo do dia de hoje.

“Fizemos algumas afinações na suspensão, o que permitiu melhorar o comportamento do carro e com isso a nossa prestação. No entanto, o nível do campeonato na atualidade não ‘perdoa’ ao cronómetro e qualquer deslize faz-nos cair bastante na classificação. Por isso, depois do tempo perdido ontem, hoje recuperámos o que nos foi possível”, frisou o piloto.

Cumpridos os dois Setores Seletivos, com 62.76 quilómetros ao cronómetro cada, a dupla terminou o evento assinando o 9º lugar entre os concorrentes do campeonato nacional.

“Andámos a um ritmo elevado para o nosso carro, o qual fomos melhorando gradualmente ao longo de todo o fim de semana. Terminámos a um nível que gostaríamos de ter realizado toda a prova, o que, a acontecer, nos teria possibilitado, em condições normais, estar um pouco mais acima na classificação. Contudo, é preciso perceber que temos um plantel de luxo a todos os níveis, que se está a andar realmente muito depressa e que a diferença entre veículos por vezes origina grandes desequilíbrios, que se acentuam mais numa prova rápida como esta de Reguengos”, explicou o portalegrense.

Num olhar sobre esta época, o piloto afirma: “É o nosso quarto resultado em quatro possíveis, o que nos dá uma consistência e fiabilidade importantes e representa uma melhoria clara neste segundo ano com o carro. Agora o objetivo é continuarmos a evoluir para estarmos ao nosso melhor nível no próximo evento, que para mim tem sempre um significado muito especial, a Baja Portalegre 500. É a ‘nossa’ prova, onde somos sempre muito acarinhados, da mesma maneira que o fomos este fim de semana em Reguengos, com um público que nos recebe sempre muito bem”, destacou o piloto, que finalizou: “Espero que nos juntemos todos em Portalegre, uma prova que acredito que será uma grande festa, principalmente num ano como aquele que atravessamos, em que estes eventos ganham uma importância ainda maior. Vemo-nos lá.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.