Martim Ventura no Top 5 vence TT1 e Júnior

0

Depois de uma dupla vitória nas classes TT1 e Júnior na jornada de abertura do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno que se disputou em Góis no mês de fevereiro, Martim Ventura volta, após seis meses de uma paragem forçada devido à pandemia Covid 19, a repetir o resultado, desta feita na Baja TT do Pinhal que se disputou este fim de semana nas pistas de Vila Velha de Rodão, Proença-a-Nova e Sertã.

Nesta que foi a segunda jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, o piloto do Team Bluemotor Yamaha que, apesar de jovem, conta com provas dadas na modalidade fechou ainda o Top 5 da classificação geral moto, de um total de 43 pilotos que terminaram a corrida, tendo gasto 4h25m34s a concluir os cerca de 300km de percurso cronometrado.

Martim Ventura, de apenas 20 anos, confessa que as restrições devido à pandemia não permitiram realizar os treinos de preparação que pretendia, mas que a jornada beirã lhe permitiu ganhar algum ritmo que espera manter até ao final da temporada.

“É uma sensação ótima poder estar de volta às competições depois de tantos meses e uma alegria imensa poder ver toda a comitiva reunida. Inicialmente senti bastante a falta de ritmo, mas agora há que continuar a treinar para retomar o ritmo, o tempo perdido. A partir daqui é construir, é esperar que todo o campeonato se realize para dar continuidade aos resultados,”, revela o jovem piloto que se iniciou no todo-o-terreno em 2016 e que em 2017 conquistou o título de campeão nacional TT1.

O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno prossegue já no próximo fim-de-semana A com a 32ª edição da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal que vai contar com duas etapas, cada uma com dois setores seletivos. No sábado, dia 26 de setembro, os pilotos terão pela frente uma dupla passagem pela especial de 83 quilómetros e no domingo terão igualmente de percorrer por duas vezes um sector cronometrado de 65 quilómetros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.