Opel marca presença em dois importantes eventos de mobilidade elétrica em Lisboa

0
  • ENVE, Encontro Nacional de Veículos Elétricos, na Praça do Império, 19 e 20 de setembro;
  • ECARSHOW, Salão do Automóvel Híbrido e Elétrico e da Mobilidade Sustentável, no Arco do Cego, 25 a 27 de setembro.
  • Opel coloca em destaque os modelos Corsa-e a bateria e o híbrido ‘plug-in’ Grandland Hybrid, disponibilizando também ‘test drives’.

A Opel vai participar ativamente em dois dos mais relevantes eventos que marcam anualmente o calendário da mobilidade elétrica em Portugal. A marca alemã preparou uma série de atividades que arrancam já no dia 19 de setembro no Encontro Nacional de Veículos Elétricos. Os produtos mais recentes da Opel com motorização elétrica – o Opel Corsa-e a bateria e o híbrido ‘plug-in’ Opel Grandland X Hybrid – vão estar em destaque, com modelos em exposição e unidades disponíveis para ‘test drive’. No ‘stand’ da Opel os visitantes poderão trocar impressões com especialistas em mobilidade elétrica, os quais farão ainda o acompanhamento durante os testes. O ENVE realiza-se na Praça do Império nos dias 19 e 20 de setembro (sábado e domingo), com abertura às 10 horas e encerramento às 19 horas.

No fim de semana seguinte, com abertura marcada para as 10 horas de dia 25 (sexta-feira), arranca o ECARSHOW, Salão do Automóvel Híbrido e Elétrico e da Mobilidade Sustentável, no edifício da antiga estação da Carris, no Arco do Cego. A exposição estará patente até domingo, dia 27. A Opel marca presença com um ‘stand’ em que expõe o Opel Corsa-e e o Opel Grandland X Hybrid. A exemplo do ENVE, estes modelos estarão também disponíveis para ‘test drives’. Os especialistas da Opel receberão os visitantes e, além dos esclarecimentos e da partilha de conhecimentos, terão brindes surpresa para oferecer.

Opel Corsa-e: o automóvel elétrico para todos

Com a nova geração Corsa – a sexta – a marca alemã disponibiliza pela primeira vez uma versão elétrica a bateria, com autonomia até 337 quilómetros (WLTP). A Opel selecionou o seu modelo mais popular para, finalmente, retirar a mobilidade elétrica da atual existência de nicho, propondo o Corsa-e a preços a partir de 29.990 euros. O novo Corsa-e destaca-se pelo equipamento completo, logo a partir da versão de entrada Selection. O novo Opel Corsa-e está dotado da mais avançada tecnologia em mobilidade elétrica e foi concebido a pensar na utilização do dia-a-dia. A bateria de 50 kWh pode receber carga rápida, atingindo até 80 por cento da sua capacidade em 30 minutos. O Corsa-e está preparado para todas as opções de recarregamento – ‘wallbox’, carga rápida ou cabo para tomadas domésticas – e a bateria possui cobertura de garantia de oito anos/160.000 km.

O condutor pode optar entre três modos de condução: Normal, Eco e Sport. O modo Sport aumenta a dinâmica, mesmo que isso represente um efeito pouco significativo na autonomia. No modo Eco, o sistema de motorização do novo elétrico da Opel está configurado para apoiar o condutor a alcançar a máxima eficiência na utilização da energia. O Corsa-e alia a utilização sem emissões a uma condução dinâmica. Com 136 cv de potência (100 kW) e 260 Nm de binário instantâneo, este automóvel destaca-se pela capacidade de resposta, pela agilidade e pelas ‘performances’. O Corsa-e acelera de zero a 50 km/h em 2,8 segundos ou atinge os 100 km/h em 8,1 segundos, colocando-se ao nível de um modelo desportivo. A velocidade máxima de 150 km/h está limitada eletronicamente.

Opel Grandland X Hybrid: o híbrido ‘plug-in’ high-tech

A gama Opel Grandland X Hybrid nasceu com uma versão ‘plug-in’ Grandland X Hybrid4, de tração às quatro rodas, com 300 cv de potência, e foi recentemente alargada com a variante Hybrid de tração dianteira. O novo Grandland X Hybrid ‘plug-in’ com tração às rodas dianteiras apresenta-se com opção de dois níveis de equipamento, GS Line e Ultimate, com preços a partir de 46.725 euros.

Aliando um motor elétrico e um propulsor a gasolina 1.6 sobrealimentado, o sistema de motorização do Grandland X Hybrid debita uma potência máxima de 225 cv (165 kW) e binário máximo de 360 Nm. O consumo médio obtido de acordo com a nova norma WLTP é de 1,5-1,4 l/100 km, com emissões de CO2 de 34-31 g/km. Em modo de funcionamento puramente elétrico, o novo Opel oferece autonomia até 57 quilómetros no ciclo WLTP (60 a 65 km no ciclo NEDC), que pode alcançar 70 quilómetros circulando exclusivamente em circuito urbano. Para aumentar o grau de eficiência, o Grandland X Hybrid está dotado de um sistema sofisticado de travões capaz de recuperar energia resultante da inércia da travagem ou da desaceleração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.