Regresso vibrante das Single Seater Series ao Circuito do Estoril

0
  • Duarte Pires venceu duas das três corridas
  • Hugo Hernandez foi o mais forte na corrida inaugural
  • Último confronto foi impróprio para cardíacos
  • Vitor Sampaio, Paulo Vieira, Costa Pinto, Pedro Gordo/António Rodrigues destacaram-se nas suas classes

Duarte Pires e Hugo Hernandez foram as estrelas maiores na segunda ronda de 2020 das Single Seater Series que se realizou no Circuito do Estoril. Com três corridas reservadas para um domingo quente, o piloto do Mygale-SJ00 e o piloto do Funspeed-FS2019 estiveram em grande plano ao colocarem os seus nomes no topo de uma hipotética classificação absoluta.

Duarte Pires teve um regresso às pistas notável. Depois de dois anos sem competir, voltou ao Circuito do Estoril e foi sempre o piloto mais forte da categoria Zetec. No primeiro confronto do dia, acabou na frente da concorrência direta e apenas foi batido por Hugo Hernandez, que cortou a meta dois segundos mais cedo.

O piloto espanhol que há vários anos pontua na disciplina chegou ao Circuito do Estoril com ambição. E traduziu-a em uma vitória para abrir as hostilidades. Aliás, Hernandez não estava satisfeito e, na corrida seguinte, voltou a ser o melhor na categoria Tuga, mas na hipotética classificação geral, terminou em quarto, atrás de Duarte Pires, António Almeida e João Silva, primeiro, segundo e terceiro, respetivamente.

Almeida vinha muito motivado depois dos excelentes resultados obtidos na ronda inaugural, em Portimão, e obteve a melhor marca absoluta nos treinos cronometrados. Mas, em prova, não começou tão forte e obteve, a abrir, o terceiro lugar na classe. Nas corridas seguintes, subiu ao segundo posto, sempre atrás de Duarte Pires. Já João Silva, foi outra das notas de destaque da categoria. No confronto inaugural, terminou em segundo. Nos seguintes fechou sempre no pódio e parte para a derradeira jornada do ano na luta pela vitória na competição.

Se Hugo Hernandez dominou as duas primeiras contendas na categoria Tuga, na terceira a história foi diferente. Aí, foi a vez de Rosário Sottomayor mostrar que também procura as vitórias. A piloto entrou com o pé esquerdo e não terminou a primeira corrida. Depois disso, disse presente e, depois do segundo posto na segunda corrida do dia, fechou a sua participação no Estoril no lugar mais alto do pódio.

Destaque, também, para Paulo Vieira que monopolizou a categoria VJ16. Pedro Gordo/António Rodrigues fez o mesmo na categoria KT70, Vitor Sampaio na KT, enquanto Costa Pinto foi sempre o melhor em KT 80.

Para André Marques, da organização, as Single Seater Series voltaram a revelar o quão espetaculares são as corridas de fórmulas. “É impossível não vibrar com estas corridas! Temos carros espetaculares, muito bem pilotados. Estamos satisfeitos com esta prova e acreditamos que no futuro podemos ter um acréscimo no número de participantes”, afirmou o responsável.

Concluída a segunda jornada das Single Seater Series, a competição volta às pistas no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, para encerrar a temporada. A competição está agendada para o traçado minhoto no fim-de-semana de 11 e 12 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.