Vettel deixa a Ferrari no final da temporada

0
  • Alemão chegou à ‘Scuderia’ em 2015 e foi duas vezes vice-campeão mundial

Sebastian Vettel vai deixar a Ferrari no final da temporada, anunciou esta terça-feira a ‘Scuderia’ em comunicado oficial. O piloto alemão de 32 anos estava em final de contrato com a equipa italiana, onde estava  desde 2015, e as negociações não chegaram a bom porto, abrindo-se assim uma das vagas mais apetecíveis na Fórmula 1 e há uma pergunta que fica no ar: quem será o ‘parceiro’ de Charles Leclerc em 2021?

“É uma decisão tomada em conjunto que ambas as partes consideram ser a melhor. Não foi fácil, dado o valor de Sebastian como piloto e como pessoa”, explica Mattia Binotto, chefe de equipa da Ferrari, em nota publicada no site oficial, revelando uma “crença comum e amigável de que tinha chegado a hora de seguir caminhos separados” e agradecendo o “grande profissionalismo e qualidades humanas” do alemão nos últimos cinco anos.

Neste período Vettel venceu 14 corridas pelo cavalo rampante, foi duas vice-campeão mundial (2017 e 2018) e ainda 3º classificado em 2015.”Não conseguimos conquistar um mundial, que seria o quinto para ele, mas acreditamos que ainda podemos tirar muito proveito desta temporada incomum de 2020″, afirma Binotto.

Na mesma nota, Vettel garante que a vertente financeira não pesou na decisão e diz que ainda não sabe o que será o futuro. “Para obter os melhores resultados possíveis neste desporto é vital que as partes trabalhem em perfeita harmonia. O que está a acontecer nos últimos meses levou-nos a refletir sobre quais são nossas verdadeiras prioridades na vida e eu próprio reservarei o tempo necessário para refletir sobreo futuro”

Recorde-se que a época deveria ter começado a 15 de março, na Austrália, e as primeiras 10 corridas foram adiadas ou canceladas por causa da pandemia. O Mundial deverá agora arrancar no início de julho, na Áustria.

Fonte: record.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.