Suzuki renovou com Joan Mir até ao final de 2022

0

O piloto espanhol Joan Mir, que compete na categoria MotoGP, prolongou por dois anos o contrato com a Suzuki, até 2022, anunciou este sábado a equipa participante do Campeonato do Mundo de motociclismo de velocidade.

“Esta dupla [de pilotos, com o compatriota Alex Rins] constitui uma equipa unida e competitiva e representa uma aposta no futuro, com vista à conquista de resultados de grande relevo”, indica a Suzuki, duas semanas após ter renovado o contrato com Rins.

Rins, de 22 anos, sagrou-se campeão mundial de Moto3 em 2017 e estreou-se dois anos mais tarde, em 2019, na categoria rainha do motociclismo de velocidade, na qual compete também o piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM.

O Mundial de MotoGP está a ser muito afetado pela pandemia de covid-19, à semelhança da esmagadora maioria das competições desportivas, que já provocou o cancelamento e o adiamento de várias corridas do campeonato de 2020.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 239 mil mortos e infetou mais de 3,3 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.