Gonçalo Amaral em 2º lugar na BP Ultimate Baja TT ACP

0
  • Pai Rodrigo Amaral regressou as competições e juntou-se ao filho no pódio

Gonçalo Amaral alcançou o 2º lugar absoluto na BP Ultimate Baja TT ACP, que se disputou este fim-de-semana nas pistas de Santiago do Cacém e Grândola. A este resultado juntou os triunfos nas Classe TT1 e Júnior. A iniciar a sua segunda temporada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, ao jovem piloto da Wingmotor Honda juntou-se o pai, o consagrado Rodrigo Amaral que disputou esta prova extracampeonato no ano em que completa os 50 anos com o objetivo de treinar e readaptar-se ao ambiente de competição apoiado também o filho neste início de carreira.

Nesta prova organizada pelo Automóvel Clube de Portugal, que cumpriu este ano a sua primeira edição, Gonçalo Amaral lutou de forma aguerrida pela vitória absoluta na competição moto apesar de dispor de uma Honda da Classe TT1, mas o triunfo acabou por pertencer a David Megre. Menos de vinte segundo atrás do filho terminou Rodrigo Amaral que venceu ainda a classe TT2.

Foi a primeira vez que pai e filho estiveram juntos em competição e para Gonçalo Amaral, que é neste momento uma das jovens promessas do todo-o-terreno nacional, foi muito importante contar com a ajuda do seu pai nesta experiência: “foi uma prova diferente de areia que não é do Campeonato, mas se fosse era ótimo porque este tipo de piso é bom e muitos pilotos gostam. Senti-me muito bem na corrida e adorei o percurso. Estive a competir contra o meu pai e vou ter que pedir algumas lições porque já vi que é aqui que se aprende. Estou bem preparado para esta temporada. Apenas falhei Góis devido a uma lesão, mas vim testar aqui na Baja ACP e a evolução é positiva” contou o jovem piloto.

Rodrigo Amaral, que esteve afastado das competições durante largos anos, conta regressar às provas do Nacional e, acima de tudo, continuar a competir juntamente com o filho: “foi muito divertido. O piso era muito divertido. A ideia era vir passear com o meu filho já que a prova é extracampeonato, onde o Gonçalo podia estar mais descontraído, e acabou por ser uma boa experiência. Foi uma prova muito divertida e o ACP está de parabéns pela corrida que elaborou. Espero voltar a competir ainda este ano, provavelmente no Algarve porque é uma prova que gosto muito. As motas estiverem muito bem e foi um excelente fim-de-semana”, acrescentou.

Gonçalo Amaral estará de regresso às competições de 27 a 29 de março para realizar a segunda etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, a Baja TT do Pinhal que irá percorrer pistas dos concelhos da Sertã, Proença-a-Nova e Vila Velha de Rodão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.