Segundo lugar para João Ramos com sabor a vitória

0

João Ramos e Victor Jesus terminaram a “Baja TT ACP Santiago / Grândola” na segunda posição da geral, conquistando preciosos pontos para a disputa do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, que cumpriu a sua segunda etapa em terras alentejanas. Uma prova totalmente nova para a generalidade, que introduziu os pisos arenosos da região na competição, elevando assim o grau de exigência para máquinas e pilotos.

A Hilux da equipa Toyota Caetano Motorsport, esteve à altura do desafio mostrando-se fiável e competitiva, permitindo à dupla lutar pelas posições cimeiras desde o arranque. No prólogo obtiveram o 2°lugar a 5 segundos, e no primeiro dia de competição em que disputaram 100 quilómetros de percurso cronometrado, repetiram a posição terminando o dia a 1 minuto e 35 segundos do líder.

O último dia de competição levava os concorrentes a disputar o mais longo dos sectores, com 136 quilómetros de extensão a ligarem Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André, com a equipa a ter de gerir o andamento a pensar nas contas do campeonato.

A terceira posição nesta derradeira especial, garantiu a diferença necessária para que João Ramos e Victor Jesus assegurassem no final o lugar intermédio do pódio, pontuando para o Campeonato em linha com o objetivo inicial estabelecido. Com pouco tempo até à “Baja TT do Pinhal” que se realiza no último fim-de-semana deste mês, é agora necessário garantir que a Dama Negra receba atenção especial e uma extensa revisão para garantir a tão relevante fiabilidade, para que não se desperdicem mais pontos até final da época quando faltam disputar cinco eventos.

Habituados a lutar pelas vitórias, a equipa sabe que estão influenciados pelo facto de não terem pontuado no arranque do campeonato, e que terá de gerir até ao final tendo em mente essa condicionante. João Ramos afirmou no final da prova que “queríamos obter a primeira posição, mas sabíamos que não seria fácil lutar contra todo o leque de excelentes adversários, e claro que mais difícil é lutar não tendo conhecimento do percurso. Com esta consciência fiz a prova, que resultou num excelente segundo lugar, que para a equipa e para todos que estão atentos, foi uma vitória”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.