Pedro Perino com boa prestação na Iame Winter Cup em Valência

0
  • Piloto de Oeiras notável na nova categoria Sénior entre 82 participantes
  • Pedro Perino recupera do 34.º ao 15.º lugar na 4.ª edição da Iame Winter Cup em Valência

No final de quatro dias de competição, Pedro Perino brilhou ainda mais na
última corrida, com uma recuperação de 19 lugares, já que arrancou da 34.ª posição e viu a bandeira xadrez no 15.º lugar!

O jovem piloto português, apesar de fazer a sua segunda corrida na categoria Sénior, deixou excelentes indicações para a época 2020, após uma exibição de bom nível na 4.ª edição da prestigiada Iame Winter Cup, disputada no Kartódromo Internacional Lucas Guerrero, em Valência, por 82 pilotos de diferentes nacionalidades!

A estreia de Pedro Perino na categoria Sénior está a revelar-se bastante
auspiciosa. Isto porque, em dezembro, o jovem piloto de Oeiras, apesar de ainda ter 14 anos de idade, já tinha garantido a pole-position na Copa dos Campeões, disputada no Circuito Internacional de Zuera, em Espanha.

Agora, de regresso ao país vizinho, para disputar a 4.ª edição da mediática
Iame Winter Cup – com 82 participantes de vários países –, Pedro Perino
voltou a estar em evidência, mostrando-se plenamente à vontade, apesar de enfrentar pilotos bem mais experientes, muitos deles com títulos europeus e mundiais.

“Foi uma prova positiva, pois a Iame Winter Cup foi a segunda
competição que disputei na categoria Sénior, com o novo chassis Kart
Republic e com a minha nova equipa Cabo Júnior Team. Para além destes
três fatores, nunca tinha corrido com os pneus MG (que eram obrigatórios
para todos) e, francamente, os pneus não me ajudaram a impor um bom
ritmo desde o início. Mas o mesmo aconteceu a outros pilotos”, sublinhou
Pedro Perino, com o seu habitual ‘fair-play’, para depois prosseguir:

“Os treinos cronometrados não correram bem, pelo que nas mangas de
qualificação não larguei de posições favoráveis para rapidamente chegar aos lugares da frente, mas conseguiu em todas recuperar 8 ou 9 posições, exceto numa manga em que fui ‘abalroado’ por um adversário. Contudo, na última corrida, arranquei do 34.º lugar e terminei na 15.ª posição, recuperando 19 lugares. Foi uma corrida fantástica, com várias ultrapassagens. Mas não foi sempre a ultrapassar, porque ora recuperava ora perdia posições, mas no final, apesar de ter sido uma corrida muito dura e perante excelentes adversários, consegui terminar no 15.º lugar”, recordou Pedro Perino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.