Vasco Martins vence na abertura do “novo” troféu Super SSV

0
  • Nova formula desportiva atrai mais pilotos
  • Formato semelhante aos ralis agradou a todos

A Herdade das Coutadas em Portalegre acordou na manhã de 1 de Fevereiro de 2020 com um manto de nevoeiro e chuva miudinha bem típicos de dia de inverno, mas que o calor das corridas e a emoção vividas em pista ajudaram a dissipar. À medida que a luz difusa ia trazendo claridade a este recinto repleto de história e simbolismo para todos os amantes do todo-o-terreno foi também aumentando o número de máquinas e pilotos presentes no local, inscritos para participarem na primeira prova do renovado TROFÉU SUPER SSV.

Coube ao “Código d’Aventura” as honras de abertura desta edição de 2020 do Troféu Super SSV organizando a prova no mesmo local onde se disputa a mítica Baja de Portalegre, aproveitando o espaço e alguns caminhos para criar uma pista rápida e divertida. A muita lama existente na pista foi o elemento marcante da corrida, pois as chuvas que caíram nos dias que antecederam ensoparam bastante o terreno, porém acabou também por adicionar algo ao espetáculo da competição e proporcionar um verdadeiro desafio aos pilotos.

Ao todo estiveram 29 equipas presentes no arranque desta competição promovida pela X-Adventure, um aumento significativo e que tem explicação sobretudo nas alterações regulamentares e na nova fórmula desportiva, agora muito mais próxima dos ralis do que das provas de resistência. É agora possível aos participantes rodarem com a pista limpa e terem o seu próprio ritmo, reduzindo bastante os riscos da competição e possibilitando a todos uma oportunidade de darem o seu melhor em pista e divertirem-se em segurança.

A jornada de Portalegre, que voltou a estar integrada no PORTALEGRE TT, começou da forma tradicional, com uma passagem de reconhecimento pelo percurso para os pilotos poderem ficar a saber “o que os esperava”. De seguida disputaram-se os treinos cronometrados, com todos os participantes a realizarem uma passagem cronometrada que viria a ditar a ordem de partida para a primeira PEC do primeiro setor. Inicialmente previsto para ser composto por 5 PETS, o primeiro sector viria a ser encurtado para apenas 3 PETS devido ás condições do terreno, no entanto, há medida as condições da pista até viriam a melhorar um pouco em grande parte do traçado fruto da limpeza feita pelas passagens consecutivas de concorrentes. Assim, reduzido a 6 PET, o SUPER SSV PORTALEGRE 2020 viria a ser composto por dois setores de 3 PET cada, que confirmaram a espetacularidade deste novo formato por um lado e a validade da formula desportiva pelo outro, tendo no final sido bastante elogiado tanto pela generalidade dos pilotos como das entidades presentes, e até pelo publico.

Desportivamente a prova foi dominada pelos SSV T1 em que tanto os pilotos Hobby como os Federados fizeram valer as suas qualidades e das suas máquinas para superarem os demais, sobretudo face a um terreno complicado que penalizou veículos da classe Buggy e T0. A dupla Vasco Martins / Diogo Morais, em Can-Am Maverick X-3 inscritos na classe Hobby venceram esta prova, totalizando 30m06.7s, sendo ainda a única equipa que conseguiu rodar abaixo dos 5m por PET. Em segundo lugar ficou Vitor Domingos, também ele em Can-Am Maverick X3 da Classe Hobby foi o segundo classificado, a 1m03s dos vencedores. Francisco Guedes, o primeiro dos pilotos Federados fechou o pódio, ao terminar em terceiro lugar a apenas 3 segundos do segundo classificado, para não variar, também em Can-Am X3.

Filipe Palmeiro, do Codigo D’Aventura, entidade organizadora do Portalegre TT e das provas do Troféu Super SSV e Troféu X-Trophy disse-nos já depois de concluidas as provas que: “Foi um fim‑de‑semana positivo com muito público e muita animação, com uma pista difícil com muita lama mas que melhorou bastante com o decorrer das provas. Estreámos um formato diferente nos SSV que se revelou um sucesso segundo os comentários dos participantes mas continuando a transmitir muita emoção ao público. “

Luis Pirralho, da X-Adventure: “Hoje foi um dia que começou algo complicado devido ás condições do terreno, mas acabou por correr tudo bastante bem e deixar-nos a todos muito satisfeitos. A nova formula desportiva parece resultar, e a confirmação disso surge pelas quase três dezenas de equipas participantes e também pelos comentários que esses mesmos participantes fizeram mostrando-se agradados com o modo como as coisas decorreram. Sem duvida parece uma formula ganhadora, melhor para os pilotos, para a organização e para o público. Quero destacar o trabalho feito pelo Código d’Aventura, que com muito empenho e com o apoio dos seus parceiros conseguiu colocar de pé um evento que deixa a todos orgulhosos.”

O TROFÉU SUPER SSV PORTALEGRE 2020 foi organizado pelo Código D’Aventura”, com o apoio do Município de Portalegre.

O TROFÉU SUPER SSV é promovido pela X-Adventure e organizada sob a égide da FMP – Federação de Motociclismo de Portugal e de acordo os regulamentos desta federação. Como principais parceiros o TROFÉU X-TROPHY conta com Tractomoz SA, Can-Am, Ohlins, TR4 Digital, Todoterreno.pt e com Rally-Raid Network.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.