Avaria não trava Fernando Barreiros no Africa Race

0
  • Dupla portuguesa chegou às 5 da manhã ao Bivouac e partiu poucas horas depois

Fernando e Nuno Barreiros prosseguem no Africa Eco Race 2020 depois de na segunda etapa, que decorreu ontem entre Tarda e Mhamid em Marrocos, terem sido vítimas de um problema mecânico na Isuzu D-Max que não lhes permitiu concluir a especial pelos próprios meios, tendo ido transportados até ao acampamento de Mhamid por um camião da organização.

A especial de 329km, que apresentava aos concorrentes o primeiro desafio realizado nas areias do deserto marroquino, foi demolidora para a dupla portuguesa que após a entrada do primeiro cordão de dunas viu partir-se uma transmissão da frente da Isuzu D-Max. A juntar a este infortúnio, uma fuga no diferencial de trás impedia-os de rodarem nas dunas pelo que voltaram para trás à procura de um percurso alternativo. A situação viria, todavia, a agravar-se quando o diferencial bloqueou e não conseguiram andar mais. Dependente da ajuda externa, a dupla portuguesa permaneceu vastas horas no deserto, mas conseguiram chegaram ao acampamento pelas 5 horas da manhã onde a sua assistência solucionou o problema a tempo de a viatura poder arrancar para a terceira etapa que hoje se está a disputar.

Esta terceira etapa do Africa Eco Race liga Mhamid a Assa e conta com um setor seletivo de 497 km. Nesta jornada será dado especial enfoque à resistência e à navegação. A travessia do Erg Chegaga será a fase mais difícil do dia enquanto que o resto do percurso será feito numa pista rápida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.