Diversão, luta e sofrimento marcam encerramento do Troféu X-Trophy 2019

0

Arneiro das Milhariças, em Santarém acolheu no passado domingo dia 15 a última prova do Troféu X-Trophy 2019, um evento organizado pelo Pedrinha Moto Clube e que levou até esta localidade mais de uma centena de pilotos de motos e quads.

Para a edição de 2019 a organização reviu o traçado já conhecido da edição do ano passado, introduzindo um pequeno troço que não havia sido usado na altura, o que permitiu encurtar o perímetro do circuito e mudar o sentido da corrida renovando assim o figurino da prova.

No entanto, apesar das novidades na pista e da muito interessante lista de inscritos, o que mais marcou a prova Ribatejana foram mesmo as condições climatéricas, que apesar de não serem demasiado gravosas, complicaram bastante a vida aos participantes. A chuva que caiu nos dias que antecederam a corrida tornou o piso muito escorregadio oferecendo um desafio complicado aos pilotos dos quads, porem durante o decorrer da prova manteve-se afastada permitindo uma melhoria gradual das condições. Já os pilotos moto fizeram a sua corrida quase sempre debaixo de chuva, que caiu com particular intensidade nos momentos iniciais da corrida, misturando-se com lama e terra solta resultante da corrida dos quads para criar uma pasta pegajosa que cobriu as motos e os pilotos desde o capacete até às botas.

CORRIDA QUAD: CONDIÇÕES DIFICEIS NÃO ABRANDARAM O RITMO

Face ás condições complicadas da pista e a configuração da mesma esperava-se um ritmo de corrida um pouco mais baixo devido ás naturais cautelas que teriam que ser tomadas para evitar acidentes e incidentes. Porém os pilotos rapidamente conseguiram encontrar os pontos onde tinham tração e a apesar de molhados e cobertos de lama conseguiram na generalidade ir ganhando velocidade na medida em que a máquina e a resistência de cada um o ia permitindo.

Sendo esta competição divida por classes eram várias as batalhas em pista para conquistar o primeiro lugar em cada uma dessas mesmas classes, porem notou-se um invulgar equilíbrio entre todos durante grande parte da corrida com os melhores mesmo de classes diferentes a rodarem próximos uns dos outros. O equilíbrio notou-se também nos lugares secundários com os pilotos a rodarem em ritmos semelhantes e a trocarem frequentemente de posições.

Para a história ficarão no entanto os resultados obtidos pelos participantes do X-Trophy Arneiro das Milhariças 2019. Entre os federados venceu Wilson Galo com 17 voltas cumpridas, com Joni Fonseca a terminar quase colado também ele com igual numero de voltas. A fechar o pódio ficou Nelson Raposo que conseguiu dar 16 voltas.

Na classe Q1 Hobby, onde milita a esmagadora maioria da vasta caravana de quads, o grande vencedor foi Luis Fernandes, o único a conseguir completar 17 voltas á pista. Foram vários os que conseguiram dar 16 voltas, mas deste grande grupo o melhor foi o jovem Pedro Clemente que conseguiu assim o segundo lugar final, seguido de Vitor Lopes que terminou em terceiro.

Na classe Q2 Hobby o ritmo foi ligeiramente mais baixo no entanto os três melhores conseguiram um registo semelhante com 15 voltas cumpridas. João Susano foi o melhor, Sergio Loureiro foi o segundo e Pedro Pernes o terceiro, todos eles em Suzuki 400.

Nas senhoras voltou a vencer a cada vez mais rápida Yara “Hunt” Caçador. Nos Veteranos Rui Russo venceu de forma convincente, terminado com uma volta de avanço sobre o segundo classificado. Nos Juniores foi o Pedro Clemente quem triunfou, demonstrando um ritmo que o não só lhe deu a vitória nesta classe, como o colocou em lutas com gente muito mais experiente e o levou também o pódio da classe Q1 Hobby.

Finalmente no que diz respeito aos resultados do Troféu Goldspeed, o pódio ficou composto por pilotos que todos eles conseguiram dar 17 voltas á pista, sendo Luis Fernandes o primeiro, Wislon Galo o segundo e Joni Fonseca o terceiro.

CORRIDA MOTO: A CHUVA COMPLICA CORRIDA DAS DUAS RODAS

Apesar dos quads que desta vez tiveram honras de abertura do evento terem removido grande parte da lama das trajetórias e terem exposto o solo mais consistente, quiserem os deuses que comandam a meteorologia que ao mesmo tempo que era dada a partida da prova moto, tivesse inicio um aguaceiro cuja intensidade e duração foram suficientes para transformar a pista numa sopa de barro que uniformizou a outrora colorida caravana de participantes com um tom castanho avermelhando. Mas mais do que uma nova decoração, a chuva veio complicar bastante a corrida dos homens das duas rodas, criando inúmeras poças de água ao mesmo tempo que multiplicada as zonas muito escorregadias. E se nos quads se notou um ritmo elevado, nas motas notava-se que a generalidade dos pilotos tinha bastante cautela com as linhas que escolhia tanto para travar como para acelerar.

As dificuldades acrescidas que os pilotos Moto sentiram refletiram-se no numero de voltas realizadas, que habitualmente são idênticos ou até superiores aos dos piloto Quad, mas que desta vez ficou uns furos abaixo. Apenas um piloto moto conseguiu registar 16 voltas ao passo que foram vários os quads a conseguir somar 17.

João Duarte voltou a somar mais um triunfo na classe TT1 reservada aos pilotos Federados, sendo mesmo o único da sua classe a completar 15 voltas, já que tanto Ricardo Mendes (segundo) e Alcides Calçada (terceiro) terminaram com 14 voltas.

O mais rápido de todos os pilotos moto em pista foi André Sérgio, sendo o único não só da sua classe como de toda a categoria a conseguir cumprir 16 voltas dentro do tempo regulamentar. A sua espetacular prestação garantiu assim uma folgada vitória na Classe TT2 para pilotos federados, uma vez que o segundo classificado José Luis Bastos ficou duas voltas atrás. Em terceiro, com menos três voltas ficou Francisco Lopes.

Na classe TT1 Hobby foi Flávio Carvalho quem levou a melhor sobre os adversários, cumprindo 15 voltas ao traçado de Arneiro das Milhariças e terminando com 37 segundos de vantagem sobre o segundo classificado João Pires que ficou na mesma volta. Cláudio Madureira terminou em terceiro lugar com 14 voltas realizadas.

Ainda nos Hobby, mas desta vez na classe TT2 foram vários os pilotos a conseguir dar 14 voltas, com Marcelo Santos a conseguir ser o mais rápido do grupo e a terminar no lugar mais alto do pódio. A pouco mais de um minuto de diferença em segundo lugar ficou Nelson Cunha. Bem mais distante do vencedor, a 4m19s ficou José Balanceiro a ocupar o terceiro lugar.

Nos Juniores venceu João Duarte enquanto nos Veteranos venceu João Pires, ambos com 15 voltas.

Luis Pirralho, director da X-Adventure, entidade promotora do Troféu X-Trophy no final das corridas disse-nos que: “Quero em primeiro lugar dar os parabéns a estes pilotos. Com condições tão complicadas, eles não só participaram nas corridas como se empenharam em obter os melhores resultados. Fico satisfeito por as corridas terem decorrido sem incidentes de maior, apenas pequenas coisas normais neste tipo de evento. A organização fez um bom trabalho na preparação do recinto e do circuito para procurar dar as melhores condições possíveis a publico e participantes.”

Sobre a próxima temporada, que arrancará no mês de Fevereiro o responsável máximo do maior troféu de resistências TT disputado em Portugal acrescentou que: “Começaremos em Fevereiro, com um calendário composto por 5 provas. Temos duas provas novas e manteremos as outras três idênticas. Porém em bem breve anunciaremos das datas e locais da próxima edição.”

A X-TROPHY ARNEIRO DAS MILHARIÇAS 2019 foi organizado pelo Pedrinha Motor Clube, com o apoio do Município de Santarém, da Freguesia de Arneiro das Milhariças e do Centro Cultural e Recreativo Arneirense.

A TAÇA X-TROPHY é mais uma competição pioneira promovida pela X-Adventure, organizada sob a égide da FMP – Federação de Motociclismo de Portugal e de acordo os regulamentos desta federação. Como principais parceiros o Troféu Super SSV conta com a Rallyraid Network, com o Todoterreno.pt, com o TR4 Digital e com o site Imagensdesportivas.com

Tabela de resultados completa disponivel no site oficial em www.x-trophy.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.