expoMECÂNICA estima ter à 7.ª edição o melhor ano de sempre em termos internacionais

0

Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto espera receber cerca de 50 expositores de vários países. Feira continua a crescer a dois dígitos e tem já 191 expositores inscritos.

Dos 191 operadores económicos do pós-venda automóvel que, a quatro meses e meio da abertura de portas (de 17 a 19 de abril), garantiram já a sua presença no maior acontecimento de negócios do setor, em Portugal, 29 são estrangeiros e representam países como Espanha, Itália e Bélgica.

Com o expoMECÂNICA 2020 – Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto a crescer a dois dígitos (25% de crescimento líquido), mais uma vez, a Organização transporta a expetativa de ter em mãos a «melhor edição de sempre, também em termos de participação internacional», segundo José Manuel Costa, diretor-geral da KiKai Eventos.

«Para além da diversidade de mercados externos que, ano após ano, se têm feito representar, com preponderância do espanhol, o lastro da feira tem chegado a outros e temos recebido uma manifestação crescente de interesse, alguma traduzida em reserva de espaço, inclusive do leste europeu e até do continente sul americano. Pelo andar da carruagem, contamos ter aproximadamente um total de 50 empresas estrangeiras na 7.ª edição», completa o mesmo responsável.

Recorde-se que o certame, que acabará por ser o mais representativo do aftermarket no espaço ibérico no primeiro semestre de 2020, juntou pelo terceiro ano consecutivo mais um pavilhão da EXPONOR – Feira Internacional do Porto à sua curva evolutiva. O expoMECÂNICA estender-se-á assim por quatro pavilhões (do 2 ao 5) do recinto de feiras da AEP – Associação Empresarial de Portugal, num total de 24 mil metros quadrados de área expositiva.

«Estamos já 3,20% acima dos indicadores organizativos do Salão do ano passado, em área alocada, mas ainda temos mais de quatro meses pela frente…», adianta Sónia Rodrigues, diretora comercial da KiKai, satisfeita pela forma como o tecido empresarial tem respondido a mais esta edição.
Nos bastidores da montra do pós-venda automóvel nacional já mexem, entretanto, as atividades paralelas, que começam a desenhar-se.

Melhor Mecatrónico e Melhor Pintor são novidades no evento
O DEMOTEC by CEPRA – Espaço de Demonstração e o expoTALKS – Ciclo de Conferências continuam no centro nevrálgico do evento como núcleos da vertente formativa e informativa. O Plateau TV, por seu lado, dinamizado pelo Jornal das Oficinas, continuará como pivô de debate dos temas que constroem a atualidade do setor e serão vários os protagonistas a trocar perspetivas em frente às câmaras de televisão.

A vertente lúdico-recreativa também regressa pela mão dos Jogos Mecânicos, dinamizados pela Divisão de Peças e Acessórios Independentes (DPAI) da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), que pretende envolver todos os visitantes na componente mais descontraída da feira; assim como a 2.ª edição da Exposição de Miniaturas.

Mas o esquema de manifestações complementares conhece algumas novidades na edição de 2020 do expoMECÂNICA.

Uma das estreias é a super-final da competição Melhor Mecatrónico 2020, organizado pelo Jornal das Oficinas, em parceria com a ATEC – Academia de Formação. A 5.ª edição da iniciativa será assinalada da melhor forma, envolvendo os vencedores das anteriores edições, e irá decorrer no stand Melhor Mecatrónico, durante os três dias da feira.

Entretanto, a organização do Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto assegurou igualmente a final da competição Melhor Pintor Auto 2020, também promovido pelo Jornal das Oficinas, em parceria com o Centro de Formação Profissional da Reparação Automóvel (CEPRA).

O objetivo é dar visibilidade à profissão de técnica de repintura automóvel, pelo que serão desafiados os profissionais a concorrerem à iniciativa, que coloca à prova os conhecimentos adquiridos. Os melhores poderão ser um dos seis finalistas da grande final, a decorrer no certame, no stand do Melhor Pintor.

Já no plano operacional, a equipa organizativa do expoMECÂNICA volta a apostar no self check-in, para agilizar a entrada na feira e evitar as filas de espera; empreenderá melhorias no Clube Juvenil (que será ampliado quantitativa e qualitativamente) e criará uma zona para armazenamento de volumes de expositores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.