Condições atmosféricas baralham contas nas Qualificações das GT4 SES

0

As condições atmosféricas foram o grande quebra-cabeças das qualificações para a ronda do Autódromo do Estoril das GT4 South European Series, tendo as posições das grelhas de partida ficado definidas nos últimos instantes de cada uma das sessões.

As equipas e pilotos encontraram a pista molhada da chuva que caiu durante a noite, mas com o vento e o sol a querer romper as nuvens, a tendência era para que o asfalto da histórica pista portuguesa secasse, levando a que todos os pilotos optassem por pneus slicks.

Todos não, uma vez que os homens da Bullitt Racing montaram borrachas para chuva e acabou por ser a escolha certa na primeira sessão, dado que a pista demorou mais tempo a secar do que o antecipado.

Stephen Pattrick acabou por aproveitar da melhor forma a boa escolha estratégica da sua equipa para colocar o seu Mercedes-AMG GT4 na pole-position, batendo Ian Loggie, que também beneficiou da decisão acertada da formação sediada em Espanha.

Francisco Carvalho foi um surpreendente terceiro mais rápido, apesar de ter montados pneus slicks no Porsche Cayman GT4 da Veloso Motorsport, assegurando igualmente a pole-position da Am Cup.

Mariano Pires esteve em bom plano, colocando o Ginetta G55 GT4 da ABM Grand Prix na quarta posição, apesar das dificuldades, superiorizando-se a Miguel Cristóvão, que levou o Mercedes-AMG GT4 da Veloso Motorsport até ao quinto lugar da grelha de partida.

Os dois carros da Tockwith Motorsports ficaram nas posições seguintes, tendo Marmaduke Hall levado a melhor face a Jemma Moore na luta pela pole-position da GTC Cup, apesar de não ter ficado satisfeito com a sua performance.

A segunda qualificação disputou-se logo de seguida e as dúvidas quanto aos pneus a usar permaneceram.

Os homens da Bullitt Racing mantiveram as borrachas de chuva, sendo acompanhados por Francisco Abreu, uma vez que a Veloso Motorsport resolveu mudar de estratégia no que diz respeito ao Mercedes-AMG GT4 da dupla que já conquistou o título da Pro-Am Cup.

O piloto da Madeira liderou os acontecimentos nos momentos iniciais, mas a pista foi secando progressivamente e, nos instantes finais, César Machado, com pneus slicks no Ginetta G55 GT4 da ABM Grand Prix, assinou uma volta canhão, assegurando a pole-position ao bater o seu rival por quase dois segundos.

Andy Meyrick, em Mercedes-AMG GT4, assinou o terceiro crono, seguido de Edward Moore, Ginetta G50 GT4, que separou os dois carros da Bullitt Racing e garantiu uma vez mais a pole-position da GTC Cup.

Fábio Mota levou o Porsche Cayman GT4 da Veloso Motorsport até ao sexto lugar, pole-position da Am Cup, superiorizando-se a Jemma Moore que ficou no sétimo posto.

Ambas as corridas de amanhã terão transmissão no Porto Canal. Assim, a primeira será difundida a partir das 10h40 de domingo, em directo, e a segunda das 23h30, em diferido, do mesmo dia. Serão igualmente transmitidas em directo através do Facebook e do Youtube da competição, tendo a segundo o seu início às 16h15.

DECLARAÇÕES

César Machado – Pole-Position Pro-Am – Q2
Foi um pouco às escuras! A pista estava molhada tanto na Q1 como na Q2 e o Mariano (Pires) e eu arriscámos na perspectiva desta secar, dado que o tempo parecia estar a melhorar. Se a pista realmente secasse estaríamos em vantagem na parte final e assim foi. No início tive bastantes dificuldades, o asfalto ainda se encontrava muito molhado e quem estava com pneus de chuva estava bastante mais rápido, mas estava confiante de que, mais tarde poderia tender a nosso favor. Estou muito contente com mais uma pole-position, este ano.
Para a corrida, prognósticos, só no fim do jogo (risos). Este circuito não é muito favorável ao Ginetta, perdemos muito para os Mercedes, mas vamos tentar minimizar a nossa desvantagem e tentar realizar bons turnos de condução, com boas trocas de pilotos. Vamos lutar pela vitória, sabemos que não será nada fácil, mas vamos tentar conquistar um triunfo no último fim-de-semana da temporada.

Stephen Pattrick– Pole-Position Pro-Am – Q1
“Estou muito satisfeito com a pole-position. A pista estava molhada, mas a secar, no entanto, tomámos a decisão certa de colocar pneus de chuva. Apesar do asfalto estar muito escorregadio, conseguimos a pole-position e estou muito satisfeito.
Penso que amanhã a pista estará seca, o que será muito bom. Temos um jogo novo de slicks, portanto, estamos ansiosos. É uma pista fantástica, é a primeira vez que aqui estamos, estivemos a aprender, estamos muito entusiasmados e esperamos ter corridas bem-sucedidas amanhã.”

Francisco Carvalho – Pole-Position Am Cup – Q1
“A pista estava molhada, mas fui com pneus slicks. Consegui aquecer bem os pneus e na última volta consegui fazer um bom tempo, acabando por fazer a pole-position da Am Cup e o terceiro tempo da geral. Foi uma boa qualificação! A corrida de amanhã deverá ser realizada com pista e seca e vamos dar o nosso melhor para conseguirmos bons resultados.”

Marmaduke Hall – Pole-Position GTC Cup – Q1
“Foi positivo, mas não estou muito entusiasmado. Estavam condições muito difíceis e talvez não tenhamos acertado na escolha de pneus e, depois, ficámos sem tempo para tirar proveito da pista. Penso que não consegui alcançar o potencial que estava à minha disposição. O Edward (Moore) esteve muito bem e penso que as posições na grelha de partida não serão muito importantes para o dia de amanhã. Penso que poderemos ter corridas interessantes e estou a gostar muito da pista. Estou motivado para amanhã.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.