Grelha do Historic Endurance com 40 carros no Estoril

0
  • Historic Endurance com grelha fantástica de 40 carros e equipas oriundas de sete nacionalidades diferentes
  • Presença de dois Porsche 904/6 e de dois Jaguar E-Type diversificam e valorizam ainda mais a grelha de partida
  • Partida Le Mans, reabastecimentos e mais surpresas tornam a prova ainda mais especial

É já neste Sábado, no dia 23, que vai decorrer mais uma edição dos 250 KM do Estoril. O evento organizado pela Race Ready no histórico Autódromo do Estoril, contará com cerca de 40 carros em pista e quase 100 pilotos, naquela que servirá de tradicional encerramento da temporada da competição Iberian Historic Endurance. Com uma partida ao estilo Le Mans, esta é uma oportunidade fantástica para ver a competição que recria as partidas das provas dos anos 60 e reviver in loco alguns pormenores retratados no filme do momento para os amantes de automóveis: o “Le Mans ’66: o Duelo”.

Nesta prova, os Porsche 911 dominam em quantidade nas mais diversas categorias e na Gentlemen Driver Spirit não é diferente. É nesta categoria que está um Ford Cortina Lotus preparado para vencer os Porsche e a categoria, mas onde o Ginetta G4 dinamarquês, com apenas 1000cm3, vai despertar a curiosidade do público, ou onde os espanhóis Ford Anglia e Matra Bonnet também tentam repetir o feito de vencer novamente este ano o mais importante troféu da competição: o BRM Index de Performance. Há também a destacar um bonito MG B Roadster vindo do Reino Unido, modelos que se vão misturar entre os Porsche 911 SWB nacionais e dinamarqueses.

A categoria H65 recebe um competitivo Lotus Elan 26R nacional, um peculiar Marcos 1800 GT holandês e é onde dois elegantes Jaguar E-Type Alemães entram, com todos a terem intenções de assaltar os primeiros lugares da grelha.

Na disputada categoria H71, pode encontrar modelos tão diversos como um Ford Escort TC, um Lotus Elan, um BMW 1600 Ti ou uma parelha de Alfa Romeo GTAm, sendo o Ford Escort RS 1600 nacional que se insere nesta categoria, sempre um dos mais rápidos em pista.

Na categoria H76, os Porsche 911 3.0 RS chegam praticamente à dezena, o que não deixa de ser extraordinário, mas é aqui que pode ver o espetacular Saab Sonett III ou os competitivos Ford Escort RS2000, que tentam sempre intimidar os potentes Porsche 911.

Nesta diversificada lista de inscritos encontram-se ainda dois raros e valiosos Porsche 904/6, sendo um nacional, o outro vem das terras frias do norte da europa. Competem na categoria H-GTP, onde entra o não menos espetacular Merlyn MK4 português, um Elva MK7 espanhol e um rápido Lotus Seven S2 francês.

Os treinos cronometrados estão marcados para sábado às 10h55, com a corrida que tem a duração de duas horas a ter início às 15h15 do mesmo dia. Com paragens obrigatórias para troca de pilotos e uma de maior duração para reabastecimento (igualmente obrigatória), a estratégia para os 120 minutos de corrida são fundamentais e com um peso importantíssimo para o resultado final.

Para Diogo Ferrão, responsável pela organização “os 250 Km do Estoril são um marco indissociável na competição do Iberian Historic Endurance, quer seja pela especificidade da partida ao estilo Le Mans quer pelo facto de ser a prova de encerramento da temporada. O Autódromo do Estoril é como uma segunda casa para nós e por isso é com enorme prazer que regressamos sempre aqui nesta fase final para encerrar o ano e onde contamos sempre com inúmeras equipas do resto da Europa, que se juntam à comitiva Ibérica. Os inúmeros carros fantásticos que se podem ver resultam do facto da nossa meteorologia extraordinária face ao resto da Europa que nos permite competir em Portugal em pleno novembro e se o verão de São Martinho ajudar, teremos um fim-de-semana de corridas sensacional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.