Caravana do X-Trophy voltou a reunir-se em Coruche

0

RESISTÊNCIA MOTO: CORRIDA ANIMADA EM DIA DE OUTONO.

Apesar da chuva ter sido uma ameaça sempre presente durante a resistência MOTO do X-Trophy Coruche 2019 – Round 2, a verdade é que a mesma acabou por nunca se concretizar e em raros momentos até o sol conseguiu espreitar por entre o denso manto de nuvens que cobria a pista da Várzea de Agua.

Na classe TT1 reservada aos pilotos federados, João Duarte não deu a menor hipótese aos seus adversários conseguindo dar 11 voltas e terminando com 2 de vantagem sobre o segundo classificado Renato Mendes. Artur Cotrim terminou em terceiro com 8 voltas

Na classe TT2 o grande vencedor foi André Sérgio, que liderou a corrida de inicio a fim tanto no que diz respeito á sua classe, como á geral virtual. Pedro Grosso terminou em segundo com 10 voltas cumpridas. Também com 10 voltas, mas a 3m30s do segundo classificado terminou Luis Cação que ocupou assim o lugar mais baixo do pódio.

Passando ás classes Hobby onde milita o grosso da caravana do X-Trophy a corrida foi mais equilibrada e disputada. Na Classe TT1 foram 7 os pilotos que terminaram com 10 voltas realizadas, vencendo Flávio Carvalho, segundo de Jorge Cerca em segundo e João Pires em terceiro.

Já na classe TT2 Hobby houve um piloto que se destacou dos demais, Nelson Cunha que foi o único a conseguir dar 11 voltas. Atrás de si 5 pilotos conseguiram dar 10 voltas, com vantagem para Marco Virtuoso que terminou em segundo, na frente de Paulo Vicente que foi o terceiro.

João Pires venceu entre os Veteranos, enquanto João Duarte venceu entre os Juniores. Andria Sousa conquistou mais uma vitória na classe de Senhoras.

RESISTÊNCIA QUAD: “RACING IN THE RAIN”

Quase a fazer lembrar o clássico filme “Singin’in the rain” de Gene Kelly, a resistência Quad do X-Trophy Coruche Round 2 foi disputada de inicio a fim debaixo de chuva, que ora forte ora fraca, foi complicando cada vez mais a corrida à medida que o tempo ia passando e as voltas dos concorrentes se iam acumulando.

Com quase meia centena de participantes, a terceira prova do X-Trophy mostrou uma vez mais que a classe QUAD continua viva e de saúde, embora um pouco afastada do brilho de outros tempos. A encabeçar a lista de inscritos estavam dois dos mais consagrados pilotos da classe – Arnaldo Martins e João Vale ambos incluídos obviamente na classe Q-Federado. Já nas classes FUN destinadas a pilotos não Federados, estavam presentes muitos dos pilotos mais regulares desta competição e ainda alguns estreantes divididos entre as classes Q1 e Q2.

Disputada depois das prova das motos, a resistência Quad foi uma prova complicada e dura, com os pilotos a encontrarem a pista já algo desgastada pela corrida anterior, juntando-se a chuva que aos poucos foi tornando a pista cada vez mais molhada, escorregadia e enlameada. Porém, apesar das condições difíceis, a generalidade dos participantes não se assustou e muitos deles mantiveram um ritmo elevado de inicio a fim.

Entre os pilotos Federados, João Vale aos comandos de uma Suzuki LTR450 assumiu a liderança logo na primeira volta, mantendo um ritmo que lhe permitiu controlar a corrida e o seu esforço, conservando o primeiro lugar até à bandeira de Xadrez conseguindo dar 10 voltas ao traçado de Coruche. Arnaldo Martins, também em Suzuki LTR450, terminou a corrida em segundo lugar, que repetindo praticamente tudo aquilo que o seu adversário fez, com a única diferença que deste inicio a fim da resistência que ocupou o segundo lugar, a salvo dos ataques do terceiro classificado, mas longe o suficiente do primeiro para conseguir esboçar um ataque á liderança. Em terceiro lugar, também com 10 voltas terminou Fábio Ferreira, também ele a ocupar o mesmo lugar de inicio a fim.

Na Classe Q1 Hobby o grande vencedor foi Alexandre Bastos, que foi mesmo o único piloto desta classe que conseguiu somar 10 voltas aos comandos da sua Yamaha YFZ450. Tiago Ribeiro em moto semelhante foi o segundo classificado com 9 voltas realizadas. Também com 9 voltas, mas a 1m29s de distancia do segundo terminou Pedro Clemente a ocupar assim o lugar mais baixo do pódio.

David Salvador em Suzuki LTZ400 venceu a classe Q2 Hobby com 9 voltas cumpridas. Em segundo e com menos uma volta terminou Nuno Ferreira (Yamaha 400). A fechar o pódio da classe ficou Ruben Marmou, também ele com 8 voltas realizadas.

Entre os Veteranos venceu Arnaldo Martins enquanto nos Juniores o triunfo foi para Alexandre Bastos.

Finalmente no TROFÉU GOLDSPEED, a competição Monomarca destinada aos pilotos que participam no X-TROPHY com produtos Goldspeed, venceu Arnaldo Martins, com Tiago Ribeiro a ser o segundo e Pedro Clemente o terceiro.

O TROFÉU X-TROPHY 2019 continua já no próximo dia 15 de Dezembro em Arneiro das Milhariças para a grande final do maior troféu de resistência todo o terreno moto e quad que se disputa em Portugal.

O TROFÉU X-ADVENTURE X-TROPHY CORUCHE 2019 foi uma prova organizada pelo Moto Clube Sacho, com o apoio do Município de Coruche estando a promoção a cargo da X-Adventure.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.