Max Verstappen com vitória espectacular no Brasil

0

O G.P. do Brasil de 2019 teve um final espectacular, com Max Verstappen a dar show e a acertar as contas com Interlagos na tarde deste Domingo. O piloto holandês conseguiu uma grande prestação e garantiu a terceira vitória da Red Bull na temporada 2019.

Quando a dobradinha da Red Bull parecia certa, Alexander Albon, acabou por ser tocado por Lewis Hamilton na penúltima volta. O anglo-tailandês fez um pião e perdeu um lugar no pódio pódio. No final de contas, quem tirou proveito para alcançar o melhor resultado da carreira foi Pierre Gasly, que segurou Hamilton até a bandeirada final para terminar em segundo lugar.

A corrida foi marcada por mais uma batalha entre Charles Leclerc e Sebastian Vettel. Os dois chegaram a disputar posição após a saída do primeiro safety-car e tocaram-se, com os dois pilotos a abandonar, para desespero de Mattia Binotto. Assim, Gasly, com uma prova bastante consistente, assegurou o segundo pódio da Toro Rosso este ano, com Hamilton a fechar o top-3 em Interlagos, antes de ser penalizado em cinco segundos pelo toque em Albon e descer para o sétimo lugar.

O inacreditável GP do Brasil teve em Carlos Sainz um herói. O piloto espanhol largou da última posição e terminou em quarto, subindo depois para terceiro por via da penalização de Hamilton, conseguindo o seu melhor resultado na F1.

Kimi Räikkönen foi quarto na frente do seu colega de equipa fechou na Alfa Romeo, Antonio Giovinazzi. No quinto lugar ficou o Renault de Daniel Ricciardo, seguido por Lewis Hamilton e por Lando Norris no segundo McLaren na oitava posição, enquanto Sergio Pérez, da Racing Point e Daniil Kvyat, companheiro de Gasly na Toro Rosso, a fechar o top-10.

Albon, que tão perto chegou do seu primeiro pódio na F1, teve de se contentar com o 14º lugar após o incidente com Hamilton no fim da prova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.