Miguel Matos imperial no dilúvio de Varano de’ Melegari

0
  • Título da G1 Series Itália vai decidir-se no próximo fim de semana

Numa prova muito atribulada devido a um verdadeiro dilúvio, que obrigou mesmo a cancelar a primeira corrida, Miguel Matos e a sua equipa RG Racing tiveram de ter cuidados redobrados na sexta e penúltima prova da G1 Series Itália, disputada no Circuito de Varano de’ Melegari.

Com um monolugar bem preparado, o piloto de Guimarães garantiu a pole-position e dominou por completo a segunda corrida, com a volta mais rápida. Uma serenata portuguesa à chuva. Miguel Matos e a formação vimaranense RG Racing cumpriram o objetivo de vencer em Varano de’ Melegari, para assim ficarem a escassos pontos da liderança da G1 Series Itália, que continua na posse do israelita Yarin Stern.

No final da prova, o piloto de Guimarães não escondeu, contudo, algum descontentamento pelo facto da organização ter decidido cancelar a primeira corrida, devido ao dilúvio que se abateu sobre a pista transalpina.

Mas, com o seu habitual ‘fair-play’, Miguel Matos compreendeu a decisão, face às circunstâncias. “Sim, foi pena ter isso cancelada a primeira corrida, pois estávamos muito fortes à chuva e podíamos ter ganho as duas corridas e, assim, passarmos para a liderança. Mas compreendo perfeitamente a decisão da organização”, sublinhou o piloto vimaranense, de 23 anos de idade, para depois prosseguir:

“De qualquer modo, como somamos pontos importantes, o da pole-position, os da vitória na segunda corrida e o da volta mais rápida, estamos agora a sete pontos da liderança. No próximo fim de semana, no Adria International Raceway, tudo ficará decidido quanto ao título. Tanto eu, como a minha equipa RG Racing, apesar de não conhecermos o traçado, vamos estar muito focados para fazermos um bom trabalho e sermos campeões”, concluiu Miguel Matos, piloto patrocinado Rectificadora de Guimarães, APSG e AutoSilva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.