Red Bull KTM Tech3 a caminho da Terra do Sol Nascente

0

Tendo completado um quente e difícil Grande Prémio da Tailândia há alguns dias, os pilotos Miguel Oliveira e Hafizh Syahrin da Red Bull KTM Tech3, mal podem esperar pela rodada japonesa do próximo fim de semana.

Estreante na classe rainha, Oliveira está ansioso para mais este desafio, depois de não conseguir chegar aos pontos por menos de um décimo de segundo em Buriram, numa prova marcada pelas dores no ombro direito. Ao mesmo tempo, Syahrin pretende mostrar resultados de relevo nas quatro rondas finais da temporada, após o anúncio recente sobre os seus planos para o futuro.

“Sinto que poderíamos ter feito um pouco mais no GP da Tailândia, mas os problemas com o meu ombro e depois duas quedas na sexta-feira, deixou tudo mais complicado para mim, apesar de a equipa ter feito um ótimo trabalho. Acho que estamos fortes e confiantes o suficiente para lutar novamente pelos pontos no Japão. É uma pista que eu gosto, um país que adoro visitar e por isso estou confiante numa boa participação.” Disse Miguel Oliveira.

“O próximo Grande Prémio terá lugar em Motegi no Japão, num circuito que acredito é interessante para nós. A moto está a melhorar bastante e o sentimento do Miguel é cada vez mais positivo corrida após corrida. A principal luta que temos neste momento não é técnica, é física, porque desde o incidente de Silverstone que o Miguel está a sofrer com o ombro. Existem circuitos em que a dor é menor que outros, mas obviamente na Tailândia o Miguel teve problemas no último terço da corrida. Acreditamos, que estas duas semanas ajudaram a recuperar. Acredito também que este é um circuito que combina muito bem com o estilo de pilotagem da KTM e do Miguel. Estamos ansiosos por estar lá. Esperamos ter um clima estável, porque Motegi em Outubro nem sempre é fácil. Claramente, estará mais frio do que na jornada anterior na Tailândia. Mais do que isso, o Japão é o país dos maiores fabricantes de motos do mundo e se há um lugar em que você queira brilhar, esse lugar é o Japão. Por isso, tentaremos o melhor que pudermos com o Hafizh e o Miguel.” Referiu Hérve Poncharal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.