As emoções do Troféu Mini no Estoril

0

As duas corridas do Troféu Mini previstas para o Estoril Classics, que celebraram os 60 anos da marca, foram disputadas este domingo, tendo sido sinónimo de grandes emoções, muito embora Philippe Quirière tenha monopolizado o degrau mais alto do pódio. No Troféu Mighty MINI, a primeira prova teve como vencedor Manuel Teixeira enquanto que na segunda foi Paulo Leitão a impor-se.

Os irrequietos carros abriram o programa dominical do Estoril Classics e presentearam o público já presente nas bancadas e no varandim das boxes com uma prova emocionante da primeira à última volta.

Philippe Quirière arrancou da pole-position, tendo ao seu lado Fernando Soares, e partiu fulgurantemente, mantendo o primeiro lugar e abrindo uma vantagem de mais de dois segundos para o seu perseguidor, ao passo que Alberto Freitas mantinha o terceiro posto da grelha.

Fernando Soares, porém, sentia que tinha andamento para o francês e começou a recuperar paulatinamente, encostando ao Mini do gaulês quando estavam cumpridas três voltas. Os dois pilotos foram trocando voltas mais rápidas, evidenciando um andamento avassalador, até que a partir da sexta passagem pela linha de meta, Philippe Quirière começou novamente a afastar-se até ver a bandeirada de xadrez com mais de seis segundos de vantagem para o português, que terminou em segundo.

Se batalha pelo triunfo esfriou, nas posições imediatas a luta aqueceu nos momentos finais. Alberto Freitas parecia ter assegurado o terceiro posto e tudo indicava que era capaz de garantir o degrau mais baixo do pódio. Contudo, já perto do final, Jorge Corrêa foi-se aproximando perigosamente, acabando por ascender ao terceiro lugar num final entusiasmante.

Também a luta pelo primeiro lugar do Trofeu Mighty Mini foi disputado ao segundo. Manuel Teixeira e Luís Sepúlveda tiveram uma corrida com mais de uma mão cheia de ultrapassagens, tendo os dois pilotos definido a ordem entre eles já na recta da meta, com vantagem para Teixeira, ultrapassando na última curva o Mini verde e vencendo a corrida relativa por apenas quarenta e dois milésimos de segundo!

Depois de tanta animação na primeira prova, esperava-se a mesma dose na segunda corrida, mas Philippe Quirière tinha outros planos.

O francês realizou uma primeira volta extraordinária, abrindo imediatamente uma vantagem para Fernando Soares. Este, tal como sucedera de manhã, tudo tentou para recuperar, mas os seus esforços foram infrutíferos, cruzando a linha de meta no segundo posto a catorze segundos do vencedor – Quirière.

Atrás destes dois pilotos, Jorge Corrêa ocupou o terceiro posto nos primeiros metros da volta de abertura, mas atrasou-se bastante, deixando António Silva sozinho na perseguição aos dois primeiros, o que acabou por lhe assegurar a subida ao degrau mais baixo do pódio.

Só que, Jorge Corrêa, depois do seu atraso na primeira volta, encetou uma recuperação fantástica, superando todos os adversários até ao quarto lugar, relegando-os na última volta para as posições imediatas. Nada que importunasse Paulo Leitão, que ficava na frente dos outros adversários, Duarte Aguiar, Guilherme dal Maso e Paulo Kalassa, oriundo do Brasil, para vencer a segunda corrida dos inscritos no Troféu Mighty MINI, tendo os quatro primeiros ficado separados por menos de um segundo.

Foi com mais um final decidido em cima da linha de meta que a presença do Troféu MINI no Estoril Classics foi encerrada, oferecendo, uma vez mais, emoções fortes ao muito público que ficou nas bancadas até ao início do cair da noite e numa dose de corridas que serviram para celebrar os 60 anos da marca.

Para Diogo Ferrão, o responsável pela Race Ready, “foi fantástico poder celebrar os 60 anos da MINI, uma das marcas mais míticas do desporto automóvel e especialmente relevantes em Portugal. Foi entusiasmante ver os dezassete Minis de competição e esperamos repetir a experiência nos 70 anos da MINI!”

O Troféu MINI volta a entrar em ação no Algarve Classic Festival, entre os dias 01 e 03 de Novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.