40 carros de F1 recordam tempos da disciplina no Estoril

0

É já no próximo fim-de-semana que vai poder rever no Autódromo do Estoril as fantásticas máquinas que marcaram a categoria máxima do desporto automóvel nas décadas de 70 e 80, mas também nos longínquos anos de 1920 a 1960. A F1 Classic e a HGPCA regressam ao Estoril e logo com inúmeros pontos de interesse.

Na prova emblemática onde pode rever os inesquecíveis Fórmula 1 até 1986, a F1 Classic, vão estar marcas como a Lotus, Mclaren, Tyrrell, Williams ou Hesketh que travaram lutas incríveis numa época de talentosos pilotos como Alain Prost, Ayrton Senna, Nigel Mansell ou James Hunt. Fantástico para reviver memórias antigas, com a mais valia de poder ver ao vivo o fantástico McLaren MP4 que venceu em Detroit em 1982 pelas mãos de John Watson.

Este ano já conseguiu duas vitórias, uma no Silvestone Classic e outra no Grande Prémio Belga em SPA, com o seu novo proprietário Steve Hartley ao volante. Agora, antes do inverno, fará uma última corrida durante o Estoril Classic.

Mas também pode ver o mítico Lotus 91, com as cores da John Player Special, que certamente fará recordar Ayrton Sena. Mas este teve outro virtuoso ao volante: o britânico Nigel Mansel. Este é um dos cinco Lotus 91/7 construídos, que agora pertence ao japonês Katsu Kubota, o mais direto rival do McLaren MP4 e oferece ao público a possibilidade de ver ao vivo peças raras e extremamente valiosas, mas que não se coíbem de competir ao mais alto nível.

São 15 carros na grelha que trazem o som, as cores dos patrocínios da época e a potência de mais de 500cv, para oferecerem um espetáculo inebriante e apaixonante, quer para o espectador ocasional, quer para os maiores entusiastas da F1.

Na HGPCA (Historic Grand Prix Cars Association), a competição que nos traz fantásticos modelos das marcas Ferrari, Maserati, Alfa Romeo, BRM ou Lotus das competições dos anos de 1920 a 1960, podemos esperar o som e as emoções dos primeiros tempos das competições de automóvel, assim como batalhas interessantes ao longo de todo o pelotão, com os carros a serem guiados no limite e a escorregarem com os pneus utilizados na época.

Por estes carros passaram grandes nomes do automobilismo como William Grover Williams, Tazio Nuvolari, Giuseppe Farina, Alberto Ascari, Stirling Moss, Mike Hawthorn, Jack Brabham, The Hills (Phil e Graham), Jim Clark e John Surtees.

Nesta competição pode também ver aquele que se calcula ser o mais valioso modelo em prova este fim-de-semana, o Maserati 250F (#25), com o piloto alemão Stephen Rettenmaier ao volante, avaliado em mais de 2 milhões de euros, que mesmo assim discute grelhas com cerca de 25 modelos lado a lado.

Horário F1 Classic
Sábado
11:30 Qualifying

Domingo
10:35 Race 1
15:20 Race 2
Horário HGPCA
Sábado
09:30 Qualifying
14:35 Race 1

Domingo
14:35 Race 2

Horário HGPCA
Sábado
09:30 Qualifying
14:35 Race 1

Domingo
14:35 Race 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.