Citroën e Ogier conquistam bronze no País de Gales

0

Fiel à sua reputação de rali particularmente seletivo devido, muito em particular, às suas condições meteorológicas instáveis, esta edição do Rali de Gales GB viu Sébastien Ogier e Julien Ingrassia subir ao terceiro lugar do pódio, ao passo que Esapekka Lappi e Janne Ferm, de regresso à prova em Rally 2, com o objetivo de atingirem o seu final, acumularam uma experiência considerável.

Num último dia composto por apenas 38,42 quilómetros cronometrados, em especiais bem conhecidas de todos, iria ser complicado para Sébastien Ogier e Julien Ingrassia ascender a um dos dois primeiros lugares do Rali de Gales GB, mas tornou-se ainda mais impossível depois da anulação, por razões da segurança, da classificativa Great Orme (4,74 km), onde no ano passado se registaram grandes diferenças.

A dupla francesa viu-se, portanto, ansiosa por ultrapassar as muitas armadilhas do dia, antes de poder dar tudo na Power Stage, palco onde garantiu o 2º melhor tempo ali alcançado e os correspondentes 4 pontos adicionais, reforçando o seu 3º lugar com que atingiu o final do rali britânico do Mundial.

Este resultado constitui o 11º pódio do Citroën Total World Rally Team, nas 12 já disputadas nesta temporada, e a 8ª vez que a dupla Ogier/Ingrassia ali sobe, mantendo-os no 2º lugar no Campeonato de Pilotos e Navegadores, estando a 28 pontos dos primeiros classificados.

Sébastien Ogier e Julien Ingrassia estiveram sempre entre três primeiros classificados do rali, a partir da primeira verdadeira especial da prova, após uma forte prestação na segunda ronda da etapa de sexta-feira, pontuada com dois melhores tempos em especiais, confirmando a sua intenção de tentar alcançar a 6ª vitória em terras britânicas.

Tanto assim que concluíram este dia no 2º lugar, a apenas 3,4 segundos dos líderes. Determinados a continuar o seu assalto no sábado, dia competitivo mais longo do fim de semana e privado da habitual assistência a meio da etapa, os sêxtuplos Campeões do Mundo colocaram, de novo, todo o seu empenho e coração numa batalha sem fôlego com os dois outros pretendentes ao título, mas não conseguissem acompanhar o seu passo. No final, terminariam o rali no 3º lugar, a 17,3 segundos do primeiro lugar e a 6,3 segundos do 2º posto.

Após uma primeira especial abordada com alguma cautela, adaptando-se ao comportamento do C3 WRC em terreno tão escorregadio, Esapekka Lappi e Janne Ferm de imediato aumentaram o ritmo, registando o 4º melhor tempo na especial de Penmachno (16,19 km), a 4 segundos do mais rápido. Depois fizeram o 3º crono na ES 5 Aberhirnant (10,26 km), terminando a secção da manhã do primeiro dia a apenas 7,8 segundos do pódio.

Mas, infelizmente, vieram a pagar o preço da inexperiência neste terreno de aderência variável a cada curva, subestimando esse nível de aderência numa travagem logo no início da segunda ronda de troços, vendo-se obrigados a abandonar momentaneamente.

No dia seguinte (sábado), de regresso em Rally 2, a dupla finlandesa concentrou-se em aperfeiçoar o seu conhecimento do terreno e aproveitar para conhecer como é ser a primeira a entrar nos troços, em especiais tão escorregadias, às vezes inundadas com enormes poças de água. No entanto, eles souberam demonstrar a sua velocidade máxima, até alcançando um 3º melhor tempo na Power Stage, a menos de um segundo dos mais rápidos.

O QUE ELES DISSERAM…

Sébastien Ogier, Piloto do Citroën Total WRT

A Power Stage resume o nosso fim de semana, pois também ali perdemos alguns décimos de segundo. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance, mas faltou-nos um pouco de performance, enquanto o Ott teve um ótimo fim de semana. Não foi uma boa operação para o campeonato, com apenas mais dois ralis por correr, mas vamos continuar a lutar com toda a garra já que, matematicamente, ainda é possível chegar ao título.”

Esappeka Lappi, Piloto do Citroën Total WRT

“Foi, decerto, lamentável que tenhamos ficado fora do rali na sexta-feira, mas do lado positivo sinto que aprendemos muito. Fiquei agradavelmente surpreendido com o nível de performance que fomos capazes de demonstrar com o C3 WRC, depois de termos feito sob tempo seco os testes de preparação para o rali.”

DUAS PERGUNTAS A PIERRE BUDAR, DIRETOR DA CITROËN RACING

Como analisa o presente fim de semana de contrastes?

“O balanço é, de facto, duplo. Há, obviamente, várias razões para estarmos satisfeitos, começando pelo facto de termos dado à Marca um 11º pódio em 12 provas desta temporada. Também demonstrámos a fiabilidade exemplar do C3 WRC, especialmente no sábado, numa etapa que valeu meio rali e feita sem assistência. Por outro lado, esperávamos ter um ainda maior nível de competitividade que permitisse ao Sébastien e ao Julien continuar a sua ascensão no campeonato, em especial porque ambos demonstraram uma tenacidade exemplar neste rali que eles dominam particularmente bem. Isto foi particularmente evidenciado pela sua performance na Power Stage, mesmo tendo em conta que também ali perderam algum terreno. Da mesma forma, também tínhamos melhores expetativas para a prova do Esapekka e do Janne, mas eles perderam o ritmo com o seu pequeno deslize de trajetória, que aconteceu no lugar errado. Como então vimos, o ritmo exibido poderia claramente permitir-lhes alcançar um bom resultado final, mas é preciso ter uma enorme experiência para saber ler os níveis de aderência nestes troços enlameados, algo que eles ainda estão a acumular. Depois aprenderam muito depois, sendo bastante regulares.”

Como antevê as duas últimas provas do presente Mundial?

“A situação no campeonato tornou-se claramente mais complicada e vamos precisar de uma pequena ajuda do destino para continuar a evoluir na direção certa. Mas não vamos baixar os braços. Cabe-nos a todos trabalhar para dar ao Sébastien e ao Julien um carro que lhes permita ir a jogo e vencer essas duas últimas rondas. Na semana passada, o Sebastien fez um dia de testes de asfalto em nossa casa, em Satory, seguindo-se outro esta semana, no mesmo lugar, e iremos estar na próxima semana em Espanha para mais quatro dias de testes. Vamos dar tudo o que temos para que depois não sobrem arrependimentos.”

OS PONTOS ALTOS DO FIM DE SEMANA

Até o final da Power Stage, o Citroën Total World Rally Team tentou tudo para limitar a perda de pontos no campeonato, com uma estratégia de equipa que esteve muito perto da perfeição.

Apesar da sua desventura no primeiro dia, a dupla Esapekka Lappi e Janne ferm estiveram constantemente conscientes da sua competitividade neste terreno, desde que as condições não lhes fossem muito desfavoráveis. Daí o interesse em incentivá-los a expressar o seu talento na Power Stage, como parte de uma estratégia de equipa para arrebatar o maior número de pontos possiveis.

Foi uma tarefa que eles completaram com sucesso, assegurando o melhor tempo provisório durante algum tempo, até que o Sébastien Ogier e o Julien Ingrassia os bateram por menos de cinco décimos. Seguiu-se, o Neuville, que não os conseguiu bater, algo que só o Tanak conseguiu, sendo mais rápido por pouco mais de quatro décimos de segundo.

RALI DE GALES GB 2019 – CLASSIFICAÇÃO GERAL (provisória)

  1. Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) 3h00’58’’0
  2. Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) +10’’9
  3. Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) +23’’8
  4. Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) +35’’6
  5. Evans / Martin (Ford Fiesta WRC) +48’’6
  6. Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +58’’2
  7. Tidemand / Floene (Ford Fiesta WRC) +5’23’’8
  8. Breen / Nagle (Hyundai i20 WRC) + 9’25’’0

27. Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +35’53”7

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS*

  1. Ott Tänak – 240 pontos
  2. Sébastien Ogier – 212
  3. Thierry Neuville – 199
  4. Andreas Mikkelsen – 102
  5. Kris Meeke – 98
  6. Elfyn Evans – 90
  7. Jari-Matti Latvala – 84
  8. Esapekka Lappi – 83 
  9. Teemu Suninen – 83 
  10. Dani Sordo – 72

*sujeita à classificação oficial publicada pela FIA

CAMPEONATO DO MUNDO DE CONSTRUTORES*

  1. Hyundai WRT – 340 pontos
  2. Toyota Gazoo Racing – 322
  3. Citroën Total WRT – 278
  4. M-Sport Ford WRT – 200

*sujeita à classificação oficial publicada pela FIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.