Félix da Costa termina no pódio em Fuji mas equipa é desclassificada

0

António Félix da Costa subiu hoje ao pódio, nas 6 horas de Fuji (Japão), segunda prova do WEC (campeonato Mundial de Resistência). Um excelente 2º lugar final na classe LMP2 para o piloto Português, ao volante do Oreca 07 da equipa JOTA Sport, que mostrou uma vez mais todo o seu talento, apenas na sua época de estreia nesta categoria.

Infelizmente para o piloto luso e restante equipa, o carro n° 38 viria ser desclassificado após a corrida, devido a problemas com o interruptor exterior que desconecta a transmissão, perdendo a magnífica segunda posição conquistada em pista.

Corrida:

Largando da 3ª posição da grelha, coube a Roberto Gonzalez a tarefa de efetuar o arranque do carro nº 38. Félix da Costa entrou depois em ação, para um turno de condução muito sólido, sem erros, onde recuperou bastante tempo face aos seus adversários, colocando o Oreca da JOTA em luta pela vitória. Com Anthony Davidson ao volante na parte final da prova, a luta pela vitória esteve ao rubro, até que nos instantes finais, aquando da última paragem, a equipa do piloto luso viria a perder a liderança para outro Oreca, do Team Netherlands, acabando por terminar as 6 horas de Fuji num excelente 2º posto final da classe LMP2.

No final da corrida António Félix da Costa referia que “fizemos uma prova ao ataque, isenta de erros, com um excelente ritmo e este 2º lugar é um resultado muito bom para a equipa. Claramente o carro do Team Netherlands tinha um andamento superior pelo que acabámos por perder a vitória na ponta final. De qualquer forma estamos a crescer, melhorámos muito o acerto do carro desde Silverstone e aqui em Fuji mostrámos que terão de contar connosco na luta pelos lugares da frente. O campeonato é longo e o importante é sermos consistentes nos pontos para chegarmos ao final na luta pelo titulo Mundial.”

Como já referido a vitória na corrida de hoje ficou para o Oreca 07 do Team Netherlands, guiado por Giedo Van der Garde, Nyck de Vries e Frits Van Eerd, que totalizaram 222 voltas, terminando com 25,8 segundos de vantagem sobre AFC, juntamente com Anthony Davidson e Roberto Gonzalez, que levaram o Oreca da JOTA até ao lugar intermédio do pódio. No 3º posto final terminou o carro da Jackie Chan DC Racing, com Ho Pin Tung, Gabriel Aury e Will Stevens. O outro Português em prova, Filipe Albuquerque, terminou também num positivo 4º lugar da LMP2. Na classificação geral a Toyota venceu estas 6 horas de Fuji com Buemi, Nakajima e Hartley ao volante.

Na classificação do campeonato da LMP2 Frits Van Eerds e Giedo Van der Garde passarm para a liderança, com 41 pontos, seguidos agora por Antonin Borga e Nicolas Lapierre com 33. A próxima prova do Campeonato do Mundo de Resistência tem lugar na China, com as 4 horas de Shanghai, dia 10 de Novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.