Miguel Oliveira com arranque complicado na Tailândia

0

Temperaturas elevadas – acima dos 50 graus no asfalto aquando da segunda sessão – aderência complicada e um circuito quase desconhecido para Miguel Oliveira e a equipa da Tech3 marcaram o arranque do GP da Tailândia em MotoGP, a primeira das quatro provas asiáticas do campeonato e a 15ª do calendário 2019.

No final das duas sessões de treinos livres o piloto português instalou-se na 19ª posição a pouco mais de um segundo e meio do mais rápido neste dia de arranque junto à cidade da esperança (Buriram). Um dia que ficou igualmente marcado por duas quedas – uma em cada sessão – que condicionaram o programa de trabalho agendado mas não trouxeram consequências físicas.

‘Começámos o dia com uma queda algo violenta mas felizmente sem consequências. Na segunda sessão para ser sincero nunca encontrámos as melhores sensações e além disso voltei a sofrer uma pequena queda na última curva. Globalmente foi um dia complicado, mas mesmo assim não estamos muito longe dos adversários. Quero ganhar de novo alguma confiança amanhã.

Na primeira sessão de treinos livres foi com o registo de 1m32.524 que Miguel Oliveira fechou após ter realizado 15 voltas rápidas aos 4.554 metros do circuito tailandês. Na segunda sessão o piloto da KTM cumpriu novamente 15 voltas ao traçado mas foi na 14ª passagem que conseguiu a sua melhor volta – 1m31.936s – fechando o dia na 19ª posição sendo igualmente o segundo melhor piloto da KTM.

Amanhã Miguel Oliveira enfrentará as derradeiras duas sessões de treinos livres e a qualificação para o GP da Tailândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.