Joaquim Machado mostrou boa forma em Lousada

0

Joaquim Machado, com o Peugeot 208 preparado e assistido pela Kaxa & Motor, esteve em bom nível, no Ralicross de Lousada. Começou o sábado, em que só se disputou uma qualificação, na segunda posição, entre mais de uma dezena de concorrentes, na categoria Super 1600.

No domingo, continuou em boa forma. Terminou as corridas de qualificação em terceiro e conseguiu apura-se para a meia-final B, na linha da frente. O Peugeot estava bom e tudo indicava que, Joaquim Machado, iria conseguir uma boa classificação. E assim estava a acontecer, na segunda meia-final da tarde, da Super 1600.

Luz vermelha a apagar, toques na primeira curva, mas com Joaquim Machado e segurar a liderança. Passou pela Joker e ficou na frente, o que era indício de uma vitória.

Assim teria acontecido, caso a Direção da Prova não tivesse mandado apresentar bandeira vermelha, para interromper a corrida. Seria uma situação normal, caso houvesse algo que o justificasse, ou que faltassem algumas voltas, para a meia-final terminar.

Mas, não era o que acontecia, em nenhuma das situações. Havia um carro parado, depois de um toque, mas o piloto já estava fora e o carro não impedia a normal passagem dos outros. Além disso, faltava meia volta, para que a bandeira de xadrez fosse apresentada. Partida interrompida, com vários pilotos a questionarem o porquê e a não concordarem com a interrupção.

“Acho que ninguém entendeu esta interrupção da corrida. Já tínhamos todos passado pelo local onde o carro estava parado, o piloto estava fora e nem sequer estava a receber assistência, e faltava meia volta para terminar. Foi frustrante e são situações como esta que nos fazem pensar, se vale a pena continuarmos”, confessou Joaquim Machado, no final da prova
Muito tempo depois, foi dada nova partida, para a repetição da corrida.

Aí, o azar aconteceu, no decorrer da quarta volta. Um problema de direção, que obrigou Joaquim Machado a sair da pista e não alinhar na final. Foi um erro, a paragem da corrida. E quem pagou por ele, foi Joaquim Machado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.