Missão cumprida para Paulo Moreira no Terras D’Aboboreira

0

Após um longo período sem disputar ralis em piso de asfalto, Paulo Moreira e Marco Macedo prosseguiram neste tipo de piso o seu programa na Peugeot Rally Cup Ibérica, estando à partida do Rali Terras D’Aboboreira.

A equipa do Peugeot 208 R2 encarou de forma positiva este bonito rali, apostando na evolução até porque sabiam que a tarefa de acompanhar os lugares cimeiros não era de todo fácil, devido ao extenso pelotão de equipas candidatas aos lugares da frente.

O rali ficou desportivamente marcado logo no seu início por vários incidentes, com várias interrupções no decorrer do shakedown e a confirmação da anulação de uma especial devido aos alertas de risco de incendio nesta região!

Esta 7ª ronda do Campeonato de Portugal de Ralis primou-se uma vez mais por um excelente nível competitivo que permitiu uma prova interessante de princípio a fim, nestas rápidas especiais que percorreram as regiões de Marco de Canaveses, Baião e Amarante.

Paulo Moreira e Marco Macedo arrancaram focados naquilo a que se propuseram para a prova em piso de asfalto e mesmo num rali com alguns percalços, sobretudo devido à falta de ritmo, lograram terminar o rali, com um 12º lugar na competição monomarca da Peugeot Espanha e Portugal.

Como refere o piloto com o apoio da Auto Sapo Venda Já, Credibom, Grupo Martins, Biodouro, Tintauto e GC24 – “foi um rali algo atribulado no início. Alguma indefinição quanto à realização das especiais e um shakedown algo atribulado que acabamos por não conseguir fazer. Quanto ao nosso rali, entrámos bem para quem estava à um ano parado, mas temos que ter noção que temos uma postura diferente dos nossos adversários no troféu que vão estando à partida de todas as provas e somente focados em vencer, com um ritmo fortíssimo onde naturalmente não é fácil para nós acompanhá-los. Acima de tudo, foi possível desfrutar destas especiais e do nosso Peugeot 208 R2, onde deixo um agradecimento à nossa equipa técnica – a Raceseven pelo excelente carro que nos entregou, mas no entanto algumas asneiras no primeiro dia e falta de ritmo no segundo, acabou por comprometer a nossa prova em termos desportivos, mas subimos ao pódio final, estivemos uma vez mais presentes numa competição de referência, o que por si só nos deixa bastante motivados e com foco já para o próximo grande desafio onde vamos estar à partida do RallyRacc Catalunya – Costa Dourada para uma ‘jornada’ completa numa prova do Campeonato do Mundo de Ralis”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.