Top 10 de Oliveira foi “um sonho tornado realidade!”

0
  • Hervé Poncharal, o patrão da Tech 3 partilha as suas ideias depois de o piloto português ter conseguido o oitavo lugar para a KTM no GP “caseiro” da Red Bull

Miguel Oliveira da Red Bull KTM Tech 3, levou a sua já impressionante campanha de estreia no MotoGP a novos patamares, com a prestação conseguida no G.P. da Áustria.

O piloto português esteve forte durante todo o fim de semana e conseguiu atingir os seus objectivos no Domingo, cruzando a linha de meta no oitavo lugar com o seu melhor desempenho na temporada até agora, para conquistar o primeiro top 10 da Tech3 com as máquinas da KTM.

Compreensivelmente satisfeito, Herve Poncharal, Director da equipa Red Bull KTM Tech 3, elogiou Oliveira, descreveu o resultado como “um sonho tornado realidade”.

“Ás vezes você vê a luz ao fim do túnel e hoje claramente havia um bom raio de sol no fim do nosso túnel”, começou por dizer Poncharal. “Temos trabalhado duro para um resultado no top 10 e talvez até pudéssemos ter conseguido este resultado um pouco mais cedo, mas hoje foi como um sonho que se tornou realidade, com o Miguel a utilizar uma mota com as peças mais recentes.”

“Este é o Grande Prémio da casa tanto para a Red Bull como para a KTM e este é de longe o nosso melhor resultado da época. Estamos muito orgulhosos com o que o Miguel fez. Nós estamops muito gratos à KTM, porque eles nunca desistem, eles nunca param de trabalhar, eles nunca param de nos apoiar e de trazer coisas novas e por isso, estar com um fabricante como este é algo que aquece o coração. Eu acho que toda a equipa entende isso.”

“Claramente, o próximo passo é tentar ter uma melhor posição na qualificação, porque nós podemos ver que a partir da terceira e quarta volta, quando a corrida começou a estabilizar, conseguimos manter o ritmo do grupo atrás dos dois primeiros. Nós fizemos tempos por volta muito idênticos aos pilotos aue lutavam pela terceira posição. Eu não estou a dizer que nós vamos chegar aos lugares de pódio em breve, mas como referi, o próximo objectivo é tentar uma melhor qualificação e estar junto a eles. Com o ritmo que temos e a capacidade que o Miguel está a ter em corrida, penso que pode,os estar otimistas em relação ao futuro. Na Áustria a escolha o pneu dianteiro duro foi uma aposta arriscada mas que deu os seus frutos. De um modo geral, estou muito orgulhoso do que o Miguel fez e do que toda a equipa fez. Obrigado a todos, parabéns ao Miguel, óptimo resultado e óptimo trabalho da KTM! Continuamos a trabalhar!

O trabalho continua para Oliveira em Silverstone no final de Agosto. Será que o piloto português, que já venceu 12 Grandes Prémios na sua carreira, pode lutar mais uma vez pelo top 10 em solo britânico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.