Vitória de Brad Binder nas Moto2

0

Brad Binder deu um grande presente à KTM no seu circuito “caseiro”. O sul-africano assulmiu a liderança logo nos primeiros metros da prova deste Domingo, resistiu à pressão dos mais variados adversários e recebeu a bandeirada com 0s330 de vantagem na Áustria. Beneficiados por muitas quedas entre os primeiros, Álex Márquez e Jorge Navarro completaram o pódio.

Com uma primeira fila atípica, a Moto2 teve um início de prova movimentado. Tetsuta Nagashima arrancou bem e foi para a frente, mas seria ultrapassado de imediato por Binder. O piloto japonês ficaria fora de prova pouco depois, quando na terceira volta, Xavi Vierge perdeu o ponto de travagem na curva 4 e atingiu Nagashima por trás. Os dois caíram e abandoeam a prova.

Entretanto o líder da corrida, Binder viu a sua vantagem de cerca de 1s2 desvanecer-se, com Enea Bastianini a liderar o pelotão que vinha em perseguição. Mas entretanto este segundo grupo deu início a uma batalha feroz, o que permitiu o sul-africano afastar- se mais uma vez.

Depois de um belo confronto, Remy Gardner assumiu a segunda posição e afastou-se do pelotão para reduzir a vantagem de Binder perto da metade. Com 12 voltas para o fim, o australiano já estava colado no rival da Red Bull KTM Ajo.

Remy fez uma tentativa no fim da reta e mergulhou primeiro na curva 1, mas não conseguiu parar e saiu para a escapatória, facilitando a recuperação de Binder. Um pouco depois, o #87 fez uma nova tentativa no mesmo ponto do Red Bull Ring, mas, foi de novo para fora da pista.

Com sete voltas para o fim, Gardner chegou a liderança mais uma vez, mas Binder deu o troco de imediato. Terceiro, Bastianini vinha a chegar-se a este duo, com Márquez no seu encalço. Na abertura da volta seguinte, Remy preparou mais uma vez a ultrapassagem, mas abriu a trajetória na curva um. Ao voltar, tocou em Álex Márquez e caiu, abandonando a corrida.

Luca Marini apareceu então na luta, mas cometeu um erro e caiu na curva 9, levando consigo Bastianini, que foi catapultado da moto e ficou queixoso, deixando a pista de maca. Com isto Binder voltou a ganhar vantagem, com Márquez a subir ao segundo lugar mas a não conseguir evitar a primeira vitória de Brad Binder esta época, num Grande Prémio onde a marca austríaca anunciou que deixará de produzir chassis para a categoria de Moto2.

Com 0s330 de desvantagem, Márquez ficou com o segundo posto, aumentando a sua vantagem na liderança do Mundial. Jorge Navarro ficou em terceiro, seguido por Lorenzo Baldassarri, Augusto Fernández, Tom Lüthi, Jorge Martín, Iker Lecuona, Marcel Schrötter e Mattia Pasini.

Classificação Final:

1. Brad Binder (Red Bull KTM Ajo) 
2. Alex Marquez (EG 0,0 Marc VDS) + 0.330
3. Jorge Navarro (Beta Tools Speed Up) + 1.839
4. Lorenzo Baldassarri (FlexBox HP 40) + 2.183
5. Augsuto Fernandez (FlexBox HP 40) + 3.303
6. Tom Lüthi (Dynavolt Intact GP) + 4.645
7. Jorge Martin (Red Bull KTM Ajo) + 5.200
8. Iker Lecuona (American Racing KTM) + 5.285
9. Marcel Shrötter (Dynavolt Intact GP) + 6.973
10. Mattia Pasini (Tasca Racing Scuderia Moto2) + 9.428

Texto: www.grandepremio.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.