Miguel Barbosa quer voltar a vencer na Madeira

0
  • BP do Ultimate Vodafone Skoda Team quer repetir triunfo de 2017 para o CPR

Depois três pódios conquistados esta temporada nas provas do Campeonato de Portugal de Ralis, Miguel Barbosa vai, de 1 a 3 de agosto, disputar o emblemático Rali Vinho da Madeira, apostado em repetir o triunfo que conquistou em 2017 entre os pilotos que pontuam para o respetivo Campeonato.

Com uma lista de inscritos que contempla 39 inscritos na prova da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), entre os quais quase duas dezenas de Skoda Fabia R5, o Rali Vinho da Madeira promete ser uma prova extremamente competitiva.

Aos comandos do Skoda Fabia R5 inscrito pelo BP Ultimate Vodafone Skoda Team e navegado por Jorge Carvalho, Miguel Barbosa vai atacar esta que é a sexta ronda do CPR, segunda jornada que se disputa em piso de asfalto apostado em lutar por uma pontuação máxima para o campeonato. “O Rali Vinho da Madeira é uma prova com características muito peculiares, muito exigente e a concorrência vai ser fortíssima. Sinto que estamos bem preparados, a equipa tem trabalhado arduamente para termos tudo em perfeitas condições e partimos muito motivados para esta corrida”, salienta o piloto.

O Rali Vinho da Madeira, organizado pela Club Sports da Madeira vai contemplar duas etapas com 128,92 e 80,24 km respetivamente. A prova conta assim com um total de 209,16 km cronometrados, distribuídos por 19 especiais de classificação. Para dia 1 de agosto está reservada uma classificativa, a especial espetáculo, de 2,18 Km na Avenida do Mar-Centro Internacional de Negócios da Madeira.

Dia 2 os pilotos terão de realizar dez especiais. De manhã estão agendadas duas passagens pelos troços Campo de Golfe (11,38 km) e Palheiro-Ferreiro (19,08 km). Da parte da tarde, mais três duplas passagens pelas especiais Serra D’Água (11,37 km), Boaventura (10,73 km) e Santana (10,81 km).

Domingo, dia 3, cumpre-se a segunda etapa com as restantes oito especiais a serem percorridas. O programa contempla uma dupla passagem pelos troços de Câmara de Lobos (10,30 km), Ponta de sol (8 km), Ponta do Pargo (10,45 km) e Rosário (11,37 km).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.