Futuro do motociclismo esteve em Baltar

0

Pela primeira vez nos seus três anos de existência o Troféu Velocidade 2020, promovido pela Federação de Motociclismo de Portugal em parceria com o Motor Clube do Estoril e a Motoval Neumáticos, esteve no traçado do Kartódromo de Baltar para uma animada jornada onde os pequenos pilotos das duas classes desta competição dividiram a pista com as categorias do campeonato nacional de Supermoto.

Após os treinos realizados no Sábado os pilotos de ambas as classes da iniciativa que procura novos valores para a velocidade nacionais e que já levou mesmo mais de duas centenas de jovens ás acções de captação realizadas, atacaram o asfalto da pista junto a Paredes para duas animadas mangas para cada classe. Na classe 1, onde competir as pequenas IMR com 90cc de capacidade, as vitórias foram divididas entre Pedro Matos e Henrique Morais, respectivamente na primeira e segunda corridas do dia. Com 11 pilotos em pista foi Pedro Matos que subiu ao degrau mais alto do pódio no somatório de ambas as corridas, ficando Henrique Morais em segundo e Alexandre Cabá em terceiro.

Na classe 2 que divide a sua temporada entre kartódromos e autódromos, a vitória na primeira corrida do dia foi para Manuel Branquinho, que bateu Rodrigo Martins e Martim Jesus. Na segunda corrida já alinhou Afonso Fernandes – esteve ausente na primeira corrida – e acabou por ser mesmo o vencedor face a Rodrigo Martins e Manuel Branquinho num lote de sete pilotos que esteve em competição nesta que foi a quarta etapa do calendário conjunto do Velocidade 2020, a primeira com pista dividida com o Nacional de Supermoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.