Portugueses abandonam a três voltas do fim no Canadá

0

A jornada do IMSA WeatherTech SportsCar Championship que decorreu hoje no ‘Canadian Tire Motorsport Park’ foi madrasta para Filipe Albuquerque que viria a ser forçado a abandonar devido a problemas de embraiagem quando faltavam três voltas para o final da corrida. O desfecho de hoje vem reforçar as dificuldades que Filipe e João Barbosa têm enfrentado ao logo da época e que esperam não se repitam nas jornadas que se avizinham.

O piloto de Coimbra largou da sexta posição da grelha e rodou quase sempre entre o quinto e o sexto lugar. O Cadillac #5 acusou alguma falta de performance para acompanhar os carros da frente devido à imposição do ‘balance of performance. No entanto, pilotos e equipa, estavam cientes das dificuldades que iam enfrentar durante a corrida, mas não imaginavam ser forçados ao abandono com um problema de embraiagem: “Foi uma pena o que aconteceu. Estivemos sempre a rodar no nosso ritmo, entre o quinto e o sexto lugar, quando a oito voltas do final, a embraiagem começou a patinar. Comecei a perder tempo, ainda aguentei umas voltas na sexta posição, mas depois o carro já não andava e tive de abandonar”, explicou Albuquerque.

O problema de hoje junta-se a outros pequenos problemas que a dupla portuguesa tem tido ao longo da época e que não tem permitido melhores resultados: “Infelizmente não temos tido muita sorte. Nunca tínhamos tido um problema de embraiagem e hoje aconteceu. Há alturas em que simplesmente não tem de acontecer. Não há nada a fazer, temos de seguir em frente e pensar na próxima”, rematou Filipe Albuquerque desiludido.

Barbosa não escondia igualmente a insatisfação: “Sabíamos por antecipação que não seríamos os mais rápidos em pista, mas mesmo assim estávamos esperançados em conseguir fazer uma boa corrida. A embraiagem não estava a funcionar e acabou por ceder. Não costumamos ter problemas mecânicos na Action Express Racing, aliás, não me recordo da última vez que aconteceu. Simplesmente, aconteceu. Não está a ser a melhor das épocas para nós, temos de dar a volta ao jogo ou a próxima corrida será novamente muito dura”, começou por referir.

E a próxima jornada acontece dentro de duas semanas em Lakeville no Connecticut para o Northeast Grand Prix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.