Estreia de sonho para Hugo Araújo no Rali de Castelo Branco

0
  • Piloto bracarense superou as expectativas traçadas vencendo a primeira prova de asfalto do Campeonato de Portugal de Ralis na categoria RC5
  • Ladeado pelo navegador Fernando Miguel, o piloto apoiado pelo Grupo Copefi, GVB, Tudor, Cardan, Mr Pizza e U-Fit continua a dar passos seguros na transição da Velocidade para os Ralis
  • Kia Picanto GT Cup rápido e fiável contribuiu para resultado extremamente motivador

Coadjuvada por um Kia Picanto GT Cup com novas evoluções, tal como os seus adversários na classe, a dupla apoiada pelo Grupo Copefi, GVB, Tudor, Cardan, Mr Pizza e U-Fit rapidamente encontrou o seu ritmo, entrando de forma positiva na competição organizada pela Escuderia Castelo Branco e vencendo, com isso, a primeira classificativa do rali.

A partir desse momento, e ao longo dos dois dias da prova, assistiu-se a uma interessante disputa pela supremacia da categoria RC5, com a gestão do ritmo operada por Hugo Araújo/Fernando Miguel a ser determinante no resultado que lhes permitiu sair da prova como vencedores.

GRANDE RESULTADO

Celebrado com muita emoção à mistura, este saboroso triunfo deixa o piloto “com ainda mais certezas” quanto à opção tomada de trocar a Velocidade pelo Campeonato de Portugal de Ralis (CPR).

“É um resultado incrível e com o qual não contávamos dada a minha inexperiência nesta modalidade, e apenas possível graças ao extraordinário apoio do Fernando Miguel, da estrutura técnica da CRM Motorsport e principalmente dos patrocinadores e parceiros que acreditaram em mim, viabilizando este projeto”, começou por referir.

“Sendo a minha primeira experiência numa prova do Campeonato de Portugal de Ralis, não estava à espera de me sentir tão à vontade com este renovado Kia Picanto GT Cup e com o facto de ter alguém do meu lado a ditar-me notas num ambiente tão competitivo. Senti-me confiante desde o primeiro momento, e aí a experiência do Fernando foi essencial para refrear o meu entusiasmo”, admitiu, antes de estender os agradecimentos iniciais:

“Quero também dar os parabéns ao Gonçalo Inácio e ao seu navegador, Paulo Fiúza, que realizaram uma excelente prova, enaltecer a prestação das restantes duplas que se encontravam ao volante do Kia Picanto GT Cup — Francisco Esperto/António Serrão e Nuno Caetano/Mário Feio — e manifestar o meu ‘muito obrigado’ à fantástica moldura humana que nos acompanhou durante um dos momentos mais felizes da minha carreira, enchendo-me de energia e entusiasmo ao longo de todo o fim-de-semana!”.

MUNDO NOVO

Depois de uma curta experiência numa prova do Campeonato Norte de Ralis como preparação para a estreia no CPR, Hugo Araújo descreve as dificuldades sentidas num rali com “bastantes quilómetros cronometrados e de ligação, troços traiçoeiros e pisos difíceis e em constante mutação perante a passagem dos inúmeros R5 que compareceram à organização da Escuderia Castelo Branco”.

Apesar da satisfação por este primeiro triunfo nos ralis, o piloto nortenho reconhece que ainda existem “muitas arestas por limar” e que, por esse motivo, a próxima prova do CPR será encarada com a mesma prudência.

“Vamos ao Rali de Amarante motivados pelo resultado obtido, mas cientes de que o caminho é longo e há muito por aprender. Irei aproveitar a experiência do Fernando Miguel para preparar-me com ainda mais afinco para superar mais uma etapa desta caminhada. Até 7 e 8 de Setembro!”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.