Marco Wittmann sai de último e vence no DTM em Misano!

0
  • Wittmann e Rast numa classe à parte em Misano
  • Obra-prima de táctica: a estratégia prevalece sobre a velocidade, a resistência supera o sprint
  • Piloto convidado, a estrela do MotoGP Andrea Dovizioso, termina em décimo segundo

Foi um autêntico “milagre de Misano”. Com impressionante táctica de corrida, o piloto da BMW Marco Wittmann, venceu este Sábado uma animada corrida do DTM em Misano, superando o homem da pole René Rast (Audi). A sair do último lugar da grelha, o campeão do DTM em 2014 e 2016, recuperou muitos lugares ao fazer um pit-stop muito cedo durante uma intervenção de “safety car”, assumindo a liderança quando os seus adversários pararam, para depois ultrapassar todas as dificuldades com os pneus para trazer a vitória para casa.

Enquanto isso René Rast, campeão do DTM de 2017 saiu da pole para liderar desde logo a corrida, mas viria a perder esta posição na altura em que fez a sua paragem obrigatória nas boxes, tendo de se contentar com o segundo posto final, na frente do piloto da Audi Loïc Duval.

Um dos grandes destaques da quinta corrida da temporada 2019 do DTM foi a grande performance de Andrea Dovizioso. O piloto convidado da Audi teve vários duelos emocionantes, conseguindo finalizar a corrida na 12ª posição.

Declarações – Corrida 1:

“Se em Zolder tivemos pouca sorte, hoje em Misano tivemos sorte. Ficou claro desde o início que tínhamos apenas uma hipótese de conseguir uma boa classificação, ou seja, se houvesse uma intervenção de safety car teríamos e fazer uma paragem muita rápida e muito cedo e foi exactamente isso que aconteceu. No entanto neste calor e com este asfalto agressivo, aguentar 38 voltas com um conjunto de pneus é muito difícil. Eu só pedia para que não ter furos. Foi realmente no limite, mas valeu a pena.” Marco Wittmann, vencedor

“Isto foi muito divertido mas deu muito trabalho! Quando começa bem lá para trás é óbvio que não se tem a chance de aprender com os pilotos da frente e imitá-los. E é exatamente isso que ainda tenho que fazer: aprender muito. Por outro lado, tive muitos duelos emocionantes. Eu não posso reclamar do resultado, foi uma grande corrida.” Andrea Dovizioso, 12º lugar.  

Resultados – Corrida 1

01. Marco Wittmann (GER), BMW, 39 voltas em 1h 00m 42.631s

02. René Rast (GER), Audi, + 8.238s

03. Loïc Duval (FRA), Audi, + 17.686s

04. Bruno Spengler (CAN), BMW, + 22.853s

05. Nico Müller (SUI), Audi, + 28.503s

06. Mike Rockenfeller (GER), Audi, + 32,467s

07. Philipp Eng (AUT), BMW), + 44.922s

08. Jonathan Aberdein (RSA), Audi, + 47.238s

09. Sheldon van der Linde (ZAF), BMW, + 48,347s

10. Timo Glock (GER), BMW, + 48,429s

Volta mais rápida: Philipp Eng (AUT), BMW M4 DTM, 1m 27.991s

Pole Position: René Rast (GER), Audi RS 5 DTM, 1m 25,294s

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.