Especialistas da indústria automóvel defendem a necessidade de uma maior união

0

A primeira edição do Automotive Summit superou as expectativas de inscrições ao registar a presença de mais de 200 profissionais do setor

As várias salas de reunião do Meliá Ria Hotel & Spa, em Aveiro, encheram-se na passada quinta-feira de profissionais da indústria automóvel no âmbito do fórum “Automotive Summit 2019”, organizado pela consultora especializada OPCO – Creating Solutions. Dado o sucesso registado, foi anunciada uma próxima edição do evento com data a definir.

O evento começou por uma caracterização e tendências da indústria automóvel, a cargo de Jorge Rosa, da MOBINOV, e de seguida destacou-se a importância da Indústria 4.0 para o desenvolvimento do setor por José Mota, da Bosch Car Multimedia. Seguiram-se as intervenções dos especialistas internacionais da Associação da Indústria Automóvel Alemã, Teresa Müller-Ott, sobre o novo referencial conjunto VDA e AIAG – FMEA, há muito esperado, e de Willfried Heist, sobre os sistemas de qualidade e segurança de produto. Rui Aguiar, da OPCO Academia, finalizou a manhã ao apresentar a metodologia de otimização de processos DoE.

Para além dos momentos de networking, durante a tarde realizaram-se várias masterclasses que reforçaram o objetivo principal do Automotive Summit: a partilha de conhecimento. Os desafios e drivers de mudança como a dinâmica dos mercados, a Indústria 4.0 e os novos conceitos de mobilidade com os veículos partilhados, conectados, elétricos e autónomos, foram abordados em detalhe ao longo da iniciativa.

“Sentimos que existe espaço para uma iniciativa desta natureza, mais focada na vertente operacional. Ou seja, algo mais direcionado ao dia a dia de quem trabalha no setor automóvel. Com base na adesão e na participação de entidades com as quais temos excelentes relações, como MOBINOV, VDA QMC, SMMT e ODETTE, cremos que este evento é fundamental para agregarmos valor não só ao setor como a cada um dos seus profissionais. Através dos vários convidados nacionais e internacionais, conseguimos ter uma partilha de experiências e conhecimentos únicos, assim como uma exposição clara das necessidades e oportunidades desta indústria. Esperamos realizar este evento todos os anos, tentando trazer a cada edição o que de melhor se faz no nosso país e lá fora”, destacou Pedro Silva, Managing Director da OPCO.

Citações dos oradores:

Jorge Rosa, Presidente da MOBINOV e CEO da Mitsubishi Fuso Trucks Europe: “Em 2018 a produção mundial atingiu os 95 milhões de automóveis, num setor com um volume de negócios de 13 mil milhões de euros. Em Portugal foi um ano record com 295 mil unidades produzidas, mas ainda longe do que é o desejo de todos uma vez que representamos apenas 1,6% da Europa.  Com mais de 75 mil postos de trabalho diretos, 98% da produção é destinada a exportação sendo o mercado espanhol o principal destino. Penso que os maiores desafios neste setor passam pela competitividade, capacidade de adaptação às exigências emergentes e disponibilidade de profissionais para fazer face à procura”.

José Mota, Coordenador mundial de Indústria 4.0 na Bosch Car Multimedia: “Em 2020 estima-se que existam sete biliões de pessoas conectadas e 50 milhões de dispositivos conectados, sendo importante perceber quais as razões e benefícios dessa conexão. No ramo automóvel, com as novas tendências, poderemos vir a ter volumes de produção mais reduzidos mas cada vez mais customizados, o que traz muitas oportunidades. Temos de trabalhar para ter um ecossistema conectado e flexível. A Indústria 4.0 é uma oportunidade histórica para aumentar a competitividade. Não só ajuda a tornar a manufatura e a logística mais simples, eficientes e flexíveis como permite saber, de forma preventiva e preditiva, os constrangimentos e facilita o poder de decisão, que continuará a ser das pessoas.”

Teresa Müller-Ott, Gestora de Relações Internacionais e subdiretora do departamento de formação da VDA QMC: “A formação e o desenvolvimento posterior são um fator-chave para o sucesso dos negócios. A sustentabilidade, inovação e criação de tendências são desafios importantes.”

Willfried Heist, Vice-Presidente do Grupo de qualidade, segurança de produto e gestão HSE da VDA QMC: “É muito importante juntar todas as pessoas da área, de forma a prestar formação e creio que o Automotive Summit é uma grande oportunidade para promover a experiência e conhecimento nesse sentido. Creio que existirá uma regulação e legislação cada vez maiores, sendo necessária maior sensibilização da sociedade.”

###

SOBRE O AUTOMOTIVE SUMMIT:

A Indústria Automóvel em Portugal não se resume à produção e montagem de veículos. Todo este setor tem como base uma cadeia de fornecimento que inclui várias tecnologias ligadas às áreas de peças metálicas, estampadas, sistemas de interiores, chassis e suspensão, componentes elétricos e eletrónicos, sistemas completos de cockpit, bancos, motorização entre outros. O Automotive Summit constitui um projeto que visa conjugar todas estas áreas de conhecimento, bem como os sistemas normativos e de engenharia associados, assente nos sistemas de gestão da qualidade, produtividade e melhoria contínua e visão internacional, direcionado para o target B2B e B2C. O evento surge no seguimento da conferência regional VDA QMC, organizada pela OPCO e pela VDA QMC (Associação da Indústria Automóvel Alemã), que aconteceu, no Porto, em março de 2018.

Com a presença de vários especialistas da área da indústria automóvel, pretende-se alargar o leque de intervenções a temas ligados a construtores alemães, franceses e americanos, bem como a várias áreas de negócio, da produção em série à produção de ferramentas – desde a indústria aos serviços. Normalização do setor e partilha de conhecimento são as premissas-base deste evento.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.