Joaquim Machado foi segundo em Castelo Branco

0

Joaquim Machado, com o seu espetacular Peugeot 208, terminou o Ralicross de Castelo Branco na segunda posição. Um bom resultado, que deu para conhecer melhor o carro, numa jornada que se desenrolou num fim de semana cheio de sol. Foi a primeira vez que Joaquim Machado competiu, com o seu atual 208 S1600, numa prova em piso seco.

Nas corridas de qualificação, Machado terminou na segunda posição, mas partiu da segunda linha, pois só três das quatro corridas, pontuam para o acesso à grelha da final.

“As qualificações decorreram bem, mas acho que poderiam ter corrido ainda melhor. É uma pista muito traiçoeira, pois uma ligeira distração, pode levar a um toque nos muros e estes não ‘perdoam’. Assim, tentei andar depressa, mas sempre com alguma segurança. Na final, arranquei da segunda linha e terminei no segundo posto. Considero que foi um bom resultado, pois toda a concorrência está muito forte e bem montada”, confessou Joaquim Machado, terminada a prova. Um intervalo e concluiu. “Tenho de agradecer à minha equipa, a Kaxa & Motor, pois o carro estava muito bom”.

Na final, Joaquim Machado subiu ao segundo posto, lugar em que terminou, sem ter um segundo de descanso. Foi pressionado, mas defendeu bem a sua posição.

Além do segundo lugar na prova, subiu a idêntica posição no Campeonato de Portugal de Ralicross, na categoria Super 1600, que, atualmente, é a mais competitiva e a mais participada, do Ralicross nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.