Repsol inaugura o primeiro ponto de recarga ultra-rápida da Peninsula Ibérica

0

A instalação, localizada na estação de serviço da Repsol em Lopidana (Álava), permite a recarga de veículos elétricos compatíveis entre 5 e 10 minutos, semelhante ao que acontece no reabastecimento convencional.

O novo sistema de recarga ultra-rápida, com uma potência máxima de 700 kW que pode ser dividida entre os seus diferentes pontos de fornecimento, dependendo da capacidade de carga dos veículos, representa um grande avanço para o uso do veículo elétrico como meio de transporte interurbano.

Repsol tem previsto instalar esta tecnologia em outras quatro estações de serviço da sua rede durante o ano de 2019.

A inauguração desta instalação, pioneira em Portugal e Espanha e uma das primeiras deste género no Sul da Europa, contou com a presença do Conselheiro Delegado da Repsol, Josu Jon Imaz, o Presidente de Ibil, Emiliano López Atxurra, a Conselhiera de Desenvolvimento Económico e Infraestructuras do Governo Basco, Arantxa Tapia, o Deputado Geral de Álava, Ramiro González, e o Presidente da Câmara de Vitoria-Gasteiz, Gorka Urtaran, entre outras autoridades.

A Repsol inaugurou o primeiro ponto de recarga ultra-rápida para veículos elétricos da Península Ibérica e um dos primeiros no Sul de Europa. A instalação, localizada na estrada N-I em Lopidana (Álava), permite recarregar a bateria de veículos compatíveis, entre 5 e 10 minutos, semelhante ao que acontece no reabastecimento convencional.

O novo sistema de recarga ultrarrápida representa um grande avanço para o uso de veículos elétricos como um meio de transporte interurbano. O sistema está localizado na estação de serviço Repsol e tem uma potência máxima de 700 quilowatts (kW), que pode ser dividida entre seus quatro polos de abastecimento, dependendo da capacidade das baterias do veículo. Assim, pode ser configurado para oferecer 350 kW simultaneamente a dois veículos ou para recarregar quatro com 175 kW cada.

No ato de inauguração estiveram presentes o Conselheiro Delegado da Repsol, Josu Jon Imaz, o Presidente da Ibil, Emiliano López Atxurra, a Conselhiera de Desenvolvimento Económico e Infraestructuras do Governo Basco, Arantxa Tapia, o Deputado Geral de Álava, Ramiro González, e o Presidente da Câmara de Vitoria-Gasteiz, Gorka Urtaran, entre outras autoridades.

Para Josu Jon Imaz, “ter este ponto de recarga permite que a Repsol seja uma referência na mobilidade na Península Ibérica, onde já participa na maior rede pública de recarga de eletricidade em Espanha”.

A Conselheira de Desenvolvimento Económico e Infraestructuras do Governo Basco, Arantxa Tapia, afirmou que “este é um passo importante no processo de descarbonização e incentivo à mobilidade elétrica que está a ser levado a cabo pelo Governo Basco, que tem consciência de que esta transição de forma ordeira e realista é necessária”.

Por seu lado, o Presidente da Ibil, Emiliano López Atxurra, destacou que “esta é a prova fiel de que as coisas são feitas, não são pregadas. A Repsol e a EVE, ao criarem a Ibil há dez anos, tomaram a decisão de levarem a cabo a realização de um produto nacional de desenvolvimento industrial e tecnológico.”

A Repsol tem previsto disponibilizar esta tecnologia de última geração em quatro outras estações de serviço da sua rede durante o ano de 2019. Além disso, a empresa possui 31 pontos de recarga rápida nos seus postos de abastecimento e participa no Ibil, uma rede com mais de 1.700 pontos, dos quais 200 são de acesso público.

O ponto de recarga ultra-rápida de Lopidana foi instalado por Ibil, empresa constituída pela Repsol e o Ente Vasco da Energía (EVE) com o objetivo de desenvolver tecnologia, serviços e capacidades na área de recarregamento elétrico, que é operado e será mantido pela mesma empresa. Para que todos os veículos elétricos existentes no mercado possam utilizar esta infraestrutura, os novos pontos incorporam o padrão de recarga Combo CCS (até 350 kW) e CHadeMO (até 100 kW).

Existem diferentes tipos de recarga em função da potência do ponto de alimentação, que, juntamente com as características do próprio veículo, determinam a velocidade de carregamento da bateria. Assim, num ponto de recarga ultra-rápido, que varia de 175 kW a 350 kW, pode ser recarregada 80% de uma bateria de 40 kWh em cerca de 5 a 10 minutos, para percorrer aproximadamente 270 km (i). Num ponto rápido, 50 kW, esse tempo é de ~ 30 minutos, enquanto que em um semi-rápido, 22 kW, leva 1,5 horas.

A instalação de Lopidana faz parte do projeto europeu E-VIA FLEX-E, que inclui a implantação de uma rede piloto de 14 instalações similares nos corredores de transporte europeus em Espanha, França e Itália. A iniciativa procura partilhar as melhores práticas para o arranque deste tipo de infraestruturas e as experiências técnicas decorrentes da sua instalação, manutenção e operação.

Tipos de recarga eléctrica:

i Com um consumo de 15 kWh/100 km

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.