Nuno Batista com jornada brilhante no Estoril

0

O piloto portuense Nuno Batista teve uma estreia de sonho na época de 2019, com um trajecto cem por cento vitorioso na Classe G3 nas três corridas do Open de Portugal de Velocidade disputadas no Circuito do Estoril. Com duas vitórias à geral nas duas primeiras corridas, Batista falhou por muito pouco igual conquista na terceira corrida. Ao volante do seu Porsche 997 GT3 Cup, Nuno Batista fez ainda a volta mais rápida da competição.

“Saio daqui muito feliz com o que consegui, já que tirando um pequeno erro na terceira corrida, que me custou o pleno de vitórias à geral, tudo correu muitíssimo bem. Senti que tinha um bom carro logo desde os treinos cronometrados, fui ganhando confiança e contornando as dificuldades de uma pista difícil devido à chuva, fazendo a pole para a segunda corrida.

Na corrida inaugural fiz uma boa largada e assumi o comando para depois controlar e vencer sem grandes dificuldades, apesar de ter cometido um pequeno erro que me fez sair ligeiramente de pista e perder tempo. Na segunda corrida, consegui um bom arranque da pole e mais uma vez fui para a liderança vencendo com uma larga margem para o segundo classificado.

Na terceira corrida partia também da pole, mas fiz o pior arranque do fim-de-semana, caindo para segundo. Consegui assumir o comando logo na segunda volta e dominei a corrida até cinco voltas do final, quando tive de fazer um “drive trough” devido a um erro na passagem pelas boxes. Depois da penalização regressei à pista em segundo e até ao final ainda recuperei muito terreno para o líder, tendo tentado tudo para vencer, como demonstra o facto de ter efectuado a melhor volta de todo o fim-de-semana, na minha derradeira volta da terceira corrida. Ainda assim não foi suficiente e terminei a prova a pouco mais de dois segundos da vitória.

Estes resultados deixam-me muito confiante e motivado para as provas seguintes, onde espero também lutar pelas vitórias à geral e chegar ao título no final do ano. Quero ainda agradecer à minha equipa que fez um trabalho brilhante, com zero problemas no carro ao longo de toda a jornada.” Afirmou Nuno Batista.

O Open de Portugal de Velocidade prossegue dentro de sensivelmente um mês, com a segunda jornada desta nova competição a disputar-se no Circuito de Braga a 18 e 19 de Maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.